Número de protestantes diminui nos EUA, afirma pesquisa

Número de protestantes diminui nos EUA, afirma pesquisa

Atualizado: Quarta-feira, 11 Março de 2009 as 12

Em matéria publicada pela AFP (Agence France-Presse), foi divulgada uma pesquisa realizada pela American Religious Identification Survey que identifica um recuo do cristianismo nos Estados Unidos. 76% dos americanos se disseram cristãos em 2008, contra 86,2% em 1990.

Os protestantes são apenas maioria com 50,9%, distribuídos em suas grandes linhas tradicionais (batistas, metodistas, luteranos…), contra 60% há 18 anos. De acordo com a matéria, os católicos tem crescido em virtude da imigração hispânica (57 milhões em 2008 contra 46 milhões em 1990).

A tradição protestante evangélica, muito próxima da Bíblia, e que compreende os anabatistas, os menonitas e os pentecostenses, principalmente, é a mais extensa (34% dos americanos). Esta corrente está ligada ao sucesso dos "novos cristãos" e dos megatemplos carismáticos que atraíam apenas 200.000 fiéis em 1990 contra 8 milhões de hoje.

Entretanto, o sentimento religioso regride em termos totais, com 15% dos americanos afirmando não se reconhecer em "nenhuma religião", ou seja 4,7 milhões de pessoas, a metade agnósticas, a metade atéias. Eles eram 8,2% em 1990 e 14,1% em 2001.

veja também