“Nunca pedi que Deus me levasse embora, mas dessa vez eu pedi”, diz Luo sobre a depressão

O rapper cristão disse que já teve outras crises de depressão, mas que está passando pela pior de sua vida.

fonte: Guiame, com informações da Rede Bênção

Atualizado: Domingo, 1 Julho de 2018 as 11:40

O rapper cristão Pregador Luo deu uma entrevista para o programa Balaio, do diretor Alex Passos. Além de falar um pouco sobre sua carreira musical, ele também explicou o motivo de estar tão distante das redes sociais. O Guiame publicou anteriormente sobre sua depressão e nesta entrevista, o cantor dá mais detalhes sobre o que tem passado.

“Queria aproveitar o espaço no seu programa também para dar um alô para as pessoas que gostam de mim e falam ‘o Luo está sumido’. Faz mais ou menos quatro ou cinco meses que eu não posto nada no meu Instagram e as pessoas perguntam o que aconteceu. Eu poderia falar isso em qualquer outro lugar, podia fazer sensacionalismo com isso. Mas eu não quero fazer nenhum sensacionalismo”, explica o rapper.

Luo ressaltou que ele quer informar para as pessoas que lhe seguem uma informação, não só sobre sua condição, mas sobre a condição de tantos cristãos que sofrem também de depressão. “Eu passei sete meses em depressão. Já tive, tenho depressão ao longo da minha vida desde quase adolescente, pré-adolescente. Passei agora uma das piores crises da minha vida”, explicou.

“Foram sete meses que eu não queria levantar da cama, que eu não queria comer, parou a minha vida. A minha vontade de levantar, de abraçar minha esposa, de servir a Deus. Até de servir a Deus, de verdade. Nunca tinha perdido, em uma depressão, para que Deus me levasse embora, sabe? Dessa vez eu pedi”, revelou Luo chorando diante das câmeras.

Ele explica que passou por muitas decepções, até mesmo com familiares. “São coisas que a gente vai vivendo na vida. São decepções que a gente passa ao longo da carreira, com família, com parente e às vezes as pessoas pensam: ‘Ele deve ter desviado, deve estar usando drogas’. Eu li alguns comentários e as pessoas não sabem como é viver uma vida assim”, coloca.

Luo revela também que teve de lidar com um outro problema, a bipolaridade. “Uma hora você está bem e aí na noite seguinte, alguns meses depois, você não está legal. E não é não legal tipo, hoje eu não tô legal para sair, não tô legal para curtir. É não estar legal para viver”, ressalta.

Recuperação

“Graças a Deus, depois desses sete meses, depois de muita oração, tratamento, cuidado da minha esposa que é uma rainha na minha vida. Se não fosse ela eu não estaria aqui. Lógico que todo louvor ao Senhor, mas foi ela que me impediu de fazer muita coisa errada. Nesse período, você pensa em ir embora. Simplesmente em ir embora, como se a vida já tivesse dado o que tinha de dar”, disse.

“Mas graças a Deus, depois desse sete meses as coisas estão voltando a acontecer. Eu estou tendo mais ânimo. Tudo isso tem me ajudado muito, as orações de algumas pessoas próximas que estavam sabendo desse meu momento. E queria dizer para você que vive essa realidade também, você que passa por esse tipo de problema. Parece chavão, parece uma coisa que todo mundo diz para você, mas é simples. Não desista”, coloca.

“Viva um dia após o outro dia, uma oração atrás de outra oração. A gente espera tanto por um milagre, tanto por uma coisa acontecer e às vezes ela não acontece. Nem de manhã, nem de tarde, nem a noite. Passa alguns meses, no meu caso foram sete meses dessa crise. Eu já tive outras, mas essa foi das piores, que me derrubou mesmo, para que eu pudesse voltar e me levantar e voltar andar. Você vai voltar a andar, você vai sair do fundo desse poço, a luz vai voltar a brilhar na sua vida. Jesus com certeza não vai retirar nenhum dos planos, nenhum dos sonhos que Ele tem para você”, finalizou.

veja também