"O Brasil tem ouvido a voz de Deus", diz Fred Berry no café da CPESP

Fred Berry: "O Brasil tem ouvido a voz de Deus"

Atualizado: Segunda-feira, 22 Abril de 2013 as 8:02

 

salão internacional gospelNa manhã desta sexta-feira, 19 de abril, aconteceu o café de pastores da CPESP - Conselho de Pastores do Estado de São Paulo.
 
Dessa vez o café foi realizado no II Salão Internacional Gospel, no Expo Imigrantes.
 
No café, Marcelo Rebello e Luciana Mazza, idealizadores da feira, agradeceram a presença de todos e deram uma palavra de saudação.
 
Rebello aproveitou para tesmunhar a confirmação que Deus deu a ele a respeito da feira. Quando ainda apenas pensava em uma feira, mas não tinha compartilhado a ideia com ninguém, ele foi a um culto onde recebeu de Deus, através de um pastor, a confirmação com as mesmas palavras que havia pedido.
 
Como na primeira edição o Salão Internacional Gospel teve que ser adiado, essa é a segunda edição do evento. E os idealizadores já garantiram o Salão em 2014.
 
O preletor do café da CPESP foi o pastor Fred Berry, norte americano da 'Missão Rua Azuza'. ele começou citando os pastores que foram iniciantes de igrejas como a Assembleia de Deus no Brasil, lembrou que foram homens enviados da América para receber herança no Brasil.
 
Com base na passagem de Deuteronômio 8:1-3 e 18-20, Berry falou sobre a relação que sempre houve entre Brasil e Estados Unidos, na qual muitos brasileiros tinham o sonho de irem embora para lá, mas que isso está acabando, e o motivo é a prosperidade que Deus está derramando aqui.
 
fred berry"O Brasil, que era um dos últimos, passou a ser primeiro porque tem ouvido a voz de Deus (...) Deus é quem deu essa prosperidade a vocês, e Ele quer continuar a abençoar a nação", disse o pastor.
 
Lembrando que a prosperidade financeira é meio para cumprimento dos propósitos de Deus, Fred Berry frisou a importância de anunciar a Palavra de Deus a todos.
 
"Estamos aqui para dizer que o inferno é um lugar real. Diga às prostitutas, diga aos homossexuais. Não brinquem com eles, diga que Deus os ama", bradou o pregador.
 
Citando o avivamento que aconteceu em um culto na Rua Azuza, o avivalista contou sobre a profecia de um pastor que dizia: '100 anos daqui pra frente haverá um avivamento maior que o da Rua Azuza'.
 
"É o momento de vocês", disse Berry. "Deus quer fazer isso e espera por vocês".
 
Para que todos os presentes fossem marcados e equipados, Fred Berry fez com que todos fossem ungidos por ele e pelos pastores da liderança. 'O tempo só de inspiração acabou, é tempo de equipar os ministros de Deus (...) É tempo de abrir os olhos e se conscientizar do poder de Deus".
 
Após ungir a todos, o pastor declarou que o Brasil é dos evangélicos e hoje até a Rede Globo sabe disso.
 
 
GUIAME.COM.BR
 

veja também