O Caráter Formado pelo Reino

O Caráter Formado pelo Reino

Atualizado: Quarta-feira, 4 Maio de 2011 as 9:13

Wimber foi um precursor dos nossos tempos. O fundador do movimento Vineyard, em meio a erros e acertos, deixou em sua jornada um legado que ainda hoje reverbera para todo aquele que quer entrar na jornada de preparar o caminho do Senhor.

Segue aqui um trecho de seu livro Kingdom Living:

O CARÁTER FORMADO PELO REINO Quais são as marcas de alguém que, satisfatoriamente, coopera com Cristo no processo

de discipulado? Embora esta não seja uma lista completa, o que segue são indicadores do caráter

do Cristão maduro:

1. Um Cristão maduro é um servo Nada que ele faz é fruto de um desejo por benefícios egoístas, entendendo que a marca

de um servo é que ele está sempre submisso à vontade de Deus. Ele não faz coisas para

Deus. Antes, ele faz coisas, sob a vontade de Deus, e não espera nada como retorno por

este serviço. Quando os indivíduos ficam frustrados (como certamente ficarão), o que é

servo de Deus se ergue, volta-se para Deus, louva-O pela Sua graça e faz o pedido pelo

próximo conjunto de "ordens".

2. Um Cristão maduro lida com o seu pecado diante do Senhor Como Paulo disse: "Por isso procuro sempre conservar minha consciência limpa diante de Deus

e dos homens"(At. 24:16). Arrependimento requer humildade diante de Deus e diante dos

irmãos e irmãs, sempre que tivermos praticado algo errado para com eles. É necessário

também que saibamos como receber perdão quando Deus o estende à nós, o que

resultará numa consciência limpa, uma auto-imagem apropriada e humildade. Por causa

disso, um Cristão maduro é caracterizado por retidão (justiça) – um comportamento que

evita até mesmo a aparência do que é prejudicial a outros.

3. Um Cristão maduro é sincero e aberto ao lidar com irmãos e irmãs Ele é capaz de ser sincero com os outros, compartilhando o que Deus está fazendo em

sua vida sem ter medo de admitir as suas falhas ou fraquezas.

4. Um Cristão maduro traz as suas dificuldades pessoais ao Senhor Ao invés de fugir de situações dolorosas ou das derrotas e fraquezas pessoais, ele as

enfrenta diretamente, trazendo-as diante de Deus e clamando por Seu socorro. Encarar

honestamente estas dificuldades permitirá, muitas vezes, que elas venham a ser

transformadas em vitórias. Em todos os casos Deus usará tais dificuldades para

intensificar o desenvolvimento do Seu caráter.

5. Um Cristão maduro é generoso Ele é generoso em relação ao seu tempo e dinheiro porque ele sabe que é um mordomo

(administrador) e compreende que ele mesmo não possui nada, mas é responsável diante

de Deus pelos bens confiados a ele. Assim, ele é livre para compartilhar os seus recursos,

não vivendo ansioso acerca da provisão pessoal porque ele sabe que Deus proverá.

6. Um Cristão maduro ensina aos outros a como viver uma vida de acordo com a vontade de Deus (piedosa) Isso não quer dizer, de forma alguma, que ele tenha que ser um pastor ou um professor

de Escola Dominical ou de um Seminário. Mas, a maneira como ele vive e a familiaridade

com a verdade das Escrituras convence os outros acerca do Evangelho. Ele está sempre

preparado para falar sobre Jesus Cristo com outros, especialmente com os incrédulos

(perdidos).

7. Um Cristão maduro administra bem as suas áreas de responsabilidades Se for pai, ele cuida satisfatoriamente de sua família. No trabalho, é alguém de

confiança, honesto e trabalhador aplicado. Na igreja, sua palavra é firme, uma palavra na

qual todos confiam.

8. Um Cristão maduro sabe como obedecer Isto, em princípio, parece algo bem simples e até óbvio. No entanto, esta é uma realidade

rara de se observar entre os Cristãos atualmente, de maneira geral. Muitos que querem

obedecer a Deus não desejam receber direção de irmãos e irmãs a quem Deus tem

colocado sobre eles. O Cristão maduro não pode se sentir ameaçado pela autoridade

estabelecida por Deus porque ele está submisso a Cristo e seguro debaixo de sua

autoridade.

9. Um Cristão maduro sabe se relacionar bem com os irmãos e irmãs Ele sabe como encorajar e corrigir, como reparar o erro cometido contra alguém, como

construir relacionamentos que durarão. Ele é caracterizado pela lealdade aos irmãos e

irmãs, buscando sempre o bem estar destes. Sua língua está sob controle. Ele vigia a si mesmo cuidadosamente a fim de evitar calúnia, difamação e fofocas. Manter a unidade

do Corpo de Cristo é uma de suas maiores prioridades.

10. Um Cristão maduro desenvolve uma vida ajustada de disciplinas espirituais Ele mantém uma vida de oração regular, conhece as Escrituras e é livre em sua adoração

a Deus. Em suma, ele tem um relacionamento diário e aberto com o Pai através do qual

submete todas as áreas da sua vida à Ele.

Um dos segredos, mais bem preservados da vida Cristã, é que é possível, com a ajuda de Deus, amadurecer antes de envelhecer. Então, vamos nos render e entregar as nossas vidas ao

Grande Discipulador, e cooperar plenamente com Ele em Sua obra de nos moldar à imagem e

semelhança de Jesus.

Por John Wimber  

Tradução: Celso Tavares  

veja também