O Jesus que se inclinou, mas que foi exaltado

O Jesus que se inclinou, mas que foi exaltado

Atualizado: Sexta-feira, 1 Março de 2013 as 9:18

 

oraçãoO Criador do universo, o Senhor da história, o Cabeça da igreja, o Rei dos reis e Senhor dos senhores inclinou-se quando os fariseus, interromperam seus ensinamentos, lançando a seus pés uma mulher flagrada no ato do adultério.
 
Queriam saber o que Jesus faria com a infeliz criatura, uma vez que já estava condenada pelo tribunal da lei, da religião e da consciência.
 
Jesus poderia ter se erguido para falar aos acusadores e para condenar a mulher, mas ele se inclinou.
 
Inclinou-se também no cenáculo para lavar os pés dos discípulos. Inclinou-se no Getsêmani, suando sangue, prostrado com o rosto em terra. Inclinou-se no pelourinho romano, quando seu corpo foi rasgado pelos açoites. 
 
Inclinou-se debaixo da pesada cruz que carregou pelas ruas de Jerusalém, sob os apupos e vaias de uma multidão tresloucada. Inclinou-se, pregado na cruz, quando rendeu seu espírito. Jesus, inclinou-se quando desceu da glória e se fez carne e humilhou-se até à morte e morte de cruz.
 
Oh, que seus seguidores não endureçam a cerviz. Que nos humilhemos aos seus pés, pois este mesmo Jesus foi exaltado sobremaneira e recebeu o nome que está acima de todo nome, para que a seu nome, se dobre todo joelho, no céu, na terra, e debaixo da terra e toda língua confesse que ele é Senhor, para a glória de Deus Pai!
 
 
Hernandes Dias Lopes
 

veja também