O país mais visitado da Europa abre as suas portas para a o evangelho

O país mais visitado da Europa abre as suas portas para a o evangelho

Atualizado: Sexta-feira, 11 Novembro de 2011 as 2:54

Situada a oeste da Europa, a França possui uma população de mais de 62 milhões de habitantes, sendo, portanto, um dos lugares mais populosos do continente. O território francês faz fronteira com a Itália, Suíça, Alemanha, Luxemburgo, Bélgica, Mônaco, Andorra e Espanha. O país possui grande importância histórica, e é o lugar mais visitado do mundo. Segundo a Organização Mundial do Turismo, o país recebeu cerca de 76,8 milhões de turistas só em 2010.

A maioria dos habitantes tem um elevado padrão de vida. Recentemente, dados divulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU) indica que o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) francês é de 0, 872, ocupando o 14° lugar no ranking mundial. Mas, apesar de tantos atributos e história, ainda há muitas pessoas sofrendo com doenças, perturbações espirituais e problemas familiares.

Com o objetivo de levar a solução de todos os males por meio da fé para todos os moradores do país, o bispo Delmar Andrade realizou, recentemente, uma reunião especial no templo da Igreja Universal do Reino de Deus na cidade de Nice.

Na ocasião, o bispo orou por todos os presentes e também determinou que seus familiares fossem alcançados pelo poder de Deus. Durante a reunião, ele destacou a importância de arrancar todo o mal pela raiz.

"Todos temos raízes ruins, pois todos já fomos expostos a más sementes, que foram lançadas sobre as nossas vidas. Uns têm mais, outros menos, mas todos as possuem.  Não é questão de se você as tem ou não, mas sim de quais são", explica. Ainda durante a mensagem de fé, o bispo citou o seguinte versículo: "Ou fazei a árvore boa, e o seu fruto bom, ou fazei a árvore má, e o seu fruto mau; porque pelo fruto se conhece a árvore." (Mateus 12:33)

"Se você aplicar o que irá aprender, é garantido que a raiz do seu problema será cortada e, com ela, o problema secará também. Você não mais ficará nesse ciclo de derrota na sua vida. A luta contra a raiz é mais dura em curto prazo, mas resolve. A luta contra os “galhos” nunca resolve e nunca acaba. A decisão é sua", conclui.

Foi o que aconteceu com Luciene Maria Silva (foto ao lado), que antes de chegar ao Centro de Ajuda Espiritual na cidade de Nice, teve uma vida completamente derrotada. "Eu cheguei à igreja com a vida destruída em todos os sentidos, comecei nos vícios com 12 anos, tinha gastrite, insônia, sinusite, dor de cabeça constante, pesadelos, caroço nos seios, tonturas e dor no corpo inteiro.

Eu era alcoólatra e fumava três maços de cigarro por dia, me prostituía, roubava e cheguei a ser presa. Por causa de tudo isso, não conseguia arrumar um bom emprego; cheguei a bater na minha mãe e fui morar na rua. Não tinha mais nada. Então, comecei a beber álcool usado como combustível para carros, além de fumar folha seca. Achei que a minha vida não tinha solução, e tentei o suicídio duas vezes tomando remédio para matar baratas.

Até que certa vez, ainda no hospital, um obreiro me falou que havia um lugar que resolveria o meu problema. Neste mesmo dia ele me levou ao Centro de Ajuda Espiritual, onde fiz todas as correntes de oração e sacrifiquei  em campanhas de Israel. Hoje, graças a Deus, estou liberta de todos os vícios, sou uma mulher feliz e realizada, e tenho o privilégio de servir a Deus. Tudo isso para honra e glória do Senhor Jesus", relata.         

veja também