O que vi da vida?

O que vi da vida?

Atualizado: Sexta-feira, 22 Março de 2013 as 11:18

 

o que vi da vidaPensei no quadro apresentado no Fantástico: “O que vi da vida” (acho que a inspiração foi extraída das palavras de Salomão), no qual personagens famosos apresentam seu depoimento de vários assuntos que surgiram na carreia, como experiências marcantes, família, educação e trabalho.
 
Eles falam sobre violência, desigualdades sociais, corrupção e exploração do povo. Fiquei pensando que os dirigentes são eleitos pelo povo para defender a todos, sem exceção! Mas grande parte da população vivencia situações das mais diversas: falta de recursos e investimentos para uma qualidade de vida melhor para todos em educação, saúde, transporte, habitação e lazer!
 
Há uma pessoa que tem muito a nos dizer e ensinar ainda hoje, seu nome é Salomão, que significa “Pacífico”. Ele escreveu o livro de Eclesiastes já idoso, cerca de 931 a.C. Foi o rei mais sábio e com maior riqueza. Ele era escritor, poeta e conhecia muito sobre a flora e a fauna (I Reis 4:29-34).
 
No livro de Eclesiastes ele narra: “Lembre-se do seu Criador nos dias da sua juventude, antes que venham os dias difíceis e se aproximem os anos em que você dirá: ‘Não tenho satisfação neles”. (Eclesiastes 12:1 NVI). Ele nos faz lembrar que a juventude deve ser aproveitada da melhor maneira, porém Deus é soberano na história. A idade avança para todos! Então é preciso estar preparado desde cedo! Lembrar-se do Criador é procurar a Deus enquanto temos forças e condições para que, no futuro, a alegria em ter conhecido o amor de Deus e as boas recordações de uma vida feliz permaneçam!
 
Salomão finaliza o capítulo e o livro afirmando com uma sabedoria divina: “Agora que já se ouviu tudo, aqui está a conclusão: Tema a Deus e obedeça aos seus mandamentos, porque isso é o essencial para o homem. Pois Deus trará a julgamento tudo o que foi feito, inclusive tudo que está escondido, seja bom, seja mau”. (Eclesiastes 12: 12 e 13 – NVI).
A conclusão contempla a todos! As crianças, os jovens, os adultos e os idosos!
 
Que tal lembrar-se do Criador hoje? Enquanto há tempo!
 
O que vamos dizer à pergunta: o que vi da vida? Com certeza, vemos e vivenciamos muitas coisas, mas sempre no amor e na graça do Criador e mantenedor de todos! A fonte da vida e a razão pela qual existimos!
 
 
Pr. Sandro Soares de Lima

veja também