Oito cristãos são mortos em ataques muçulmanos

Oito cristãos são mortos em ataques muçulmanos

Atualizado: Quarta-feira, 7 Julho de 2010 as 3:01

A agência de notícias International Christian Concern (ICC) foi informada de que nesse final de semana, muçulmanos atacaram vilarejos cristãos e assassinaram no mínimo oito cristãos nos Estados de Kaduna e Plateau, no norte da Nigéria.

Na noite de 3 de julho, muitos muçulmanos atacaram o vilarejo Kizachi, no estado de Kaduna, e mataram cinco cristãos, incluindo uma professora primária, mãe de seis crianças. Os muçulmanos também incendiaram cinco casas cristãs.

Fontes afirmaram que a polícia deixou de proteger o vilarejo no dia 2 de julho, porque o governo não pagou seus salários.

Em um segundo ataque, na noite de 4 de julho, 4.200 muçulmanos armados com revólveres e machados invadiram a comunidade de Ganawuri. Teme-se que três cristãos foram mortos.

Um porta-voz da Força Tarefa Especial Nigeriana (STF), Kingsley Umoh, declarou que os criminosos eram das comunidades vizinhas, no estado de Kaduna.

De acordo com Umoh, a STF recebeu uma ligação anônima, e foram até o local. Um dos agressores foi ferido a bala, e seis foram presos.

Esse último incidente vem como consequência dos ataques de 7 de março contra os cristãos em Jos, em que 500 cristãos, maioria mulheres e crianças, foram mortos. Estima-se que outras centenas de cristãos tenham sido mortos no norte da Nigéria desde a imposição da sharia (lei islâmica) em 2001.

Tradução: Missão Portas Abertas

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também