Orações não respondidas

Orações não respondidas

Atualizado: Segunda-feira, 11 Outubro de 2010 as 3:02

Devemos entender que o amor de Deus não depende de modo nenhum da maneira como oramos. Deus nos amou quando ainda éramos pecadores e nem mesmo sabíamos como orar.

No entanto, não podemos usar o amor de Deus como desculpa para cultivar uma espécie de síndrome de Peter Pan, sendo crianças para sempre. Devemos desejar crescer, aprender a orar e amadurecer.

Ressalto ainda que o que faz uma oração poderosa não são visões, êxtases ou um sucesso espetacular, mas a capacidade de manter-se fiel, orando sem cessar e em todo tempo, mesmo quando somos fustigados pelo desânimo, abatidos pelo fracasso, confusos com nossas próprias emoções, fracos pelas nossas limitações e sentimentos de culpa ou desistência.

Não temos que ser perfeitos para orar. O ladrão na cruz orou e foi atendido, mesmo estando longe de ser perfeito.

Devemos entender que o amor de Deus não depende de modo nenhum da maneira como oramos. Deus nos amou quando ainda éramos pecadores e nem mesmo sabíamos como orar.

No entanto, não podemos usar o amor de Deus como desculpa para cultivar uma espécie de síndrome de Peter Pan, sendo crianças para sempre. Devemos desejar crescer, aprender a orar e amadurecer.

Ressalto ainda que o que faz uma oração poderosa não são visões, êxtases ou um sucesso espetacular, mas a capacidade de manter-se fiel, orando sem cessar e em todo tempo, mesmo quando somos fustigados pelo desânimo, abatidos pelo fracasso, confusos com nossas próprias emoções, fracos pelas nossas limitações e sentimentos de culpa ou desistência.

Não temos que ser perfeitos para orar. O ladrão na cruz orou e foi atendido, mesmo estando longe de ser perfeito.

veja também