Orçada em R$ 25 milhões, “Rei Davi” consome em cada capítulo cerca de R$ 900 mil

“Rei Davi” chama a atenção pelo gasto com efeitos especiais

Atualizado: Segunda-feira, 5 Março de 2012 as 11:58

Exibida pela Rede Record a minissérie que conta a história do Rei Davi vem chamando atenção não somente pelo seu roteiro adaptado como também pelos efeitos especiais e gráficos.

A produção que vem tirando o sono da Globo também é uma das mais cartas da Record.Orçada em R$ 25 milhões, “Rei Davi” consome em cada capítulo cerca de R$ 900 mil,boa parte disso é investido em efeitos especiais.

“Como o protagonista é nômade, conquista territórios e soldados, precisamos adaptar vários lugares distintos à época.Quase todas as locações, então, são alteradas por efeitos especiais. Criamos montanhas e pedras, construções de época, aumentamos o número de cabanas e de soldados, continua. Criamos aqueles céus que representam as forças superiores ajudando Davi”, fala o supervisor de efeitos visuais da Record, Gustavo Dominguez a Folha de São Paulo.

Apesar do alto investimento em efeitos especiais, Dominguez diz que a preocupação de sua equipe é passar despercebida na obra. “O bom efeito é o que precisa ser ‘contado’ para ser visto.”

 

veja também