"Orei a Deus para que me resgatassem", relata haitiano retirado de escombros

"Orei a Deus para que me resgatassem", relata haitiano retirado de escombros

Atualizado: Quinta-feira, 28 Janeiro de 2010 as 12

Emanuel Buso, de 22 anos, pode dizer que é um exemplo de milagre e fé. Depois de 11 dias soterrado entre os escombros da tragédia do Haiti, ele foi resgatado pela missão militar israelita. Temente a Deus, enquanto era examinado pelos médicos, desabafou:

''Pensei que ia morrer. Orei para que Deus enviasse alguém para me resgatar. Estava quase perdendo a consciência, quando ouvi a minha mãe chorando'', disse o haitiano.

A voz da mãe, que orava sem parar durante todo o trabalho de resgate, passando vários dias sem se alimentar e dormir, o fez ganhar esperança. A partir daquele momento, ele acreditou que uma equipe de voluntários trabalhava para salvá-lo.

Quase ninguém acreditava na possibilidade de encontrar alguém vivo. Muitos já haviam desistido de procurar por vítimas. Mas o clamor da mãe de Emanuel convenceu os voluntários. Depois de abrir um túnel, encontraram o jovem no fundo, pedindo água e movendo braços e pernas.

A mãe, que sempre acreditou que acharia o filho vivo, já havia decidido cremá-lo no caso de sua morte. Hoje, está reunida com ele no hospital, testemunhando:

''Pedia aos policiais para me ajudar e o encontramos vivo. Estou tão feliz! Agora, mais do que nunca, sei que Deus existe'', frisou.

veja também