Organização cristã pede para evitar dívidas no Natal

Organização cristã pede para evitar dívidas no Natal

Atualizado: Segunda-feira, 29 Novembro de 2010 as 9:02

A organização Cristã Contra a Pobreza, dos EUA, está pedindo às pessoas para não cederem à tentação de um empréstimo para cobrir o custo de suas celebrações de Natal.

O grupo de aconselhamento de dívida diz que não é para acabar com a época festiva, mas pede as pessoas que tenham uma estratégia clara de gastos para vê-los em segurança no novo ano.

Para o chefe do executivo do Cristão Contra a Pobreza, Matt Barlow,  esta estratégia é sábia,  ainda mais com a incerteza econômica atual. "Estes são tempos difíceis para muitos de nós, a tentação é dizer ‘pelo menos vamos ter um grande Natal’ e usar isso como uma desculpa para gastar o que não temos", disse ele.

"Se você já se pegou dizendo isso, queremos soar sinos de alarme, e soar alto e claro. O Ano Novo é cheio de incertezas: perda de emprego, preços que sobrem, benefícios que mudam, as contas de energia estão subindo e nós não sabemos o que as taxas de juros vão acarretar”, continua Barlow.

A organização afirma que cerca da metade dos seus clientes que ficaram "fora de controle" nas dívidas havia tomado um empréstimo em algum momento para ajudar a cobrir o custo de Natal.

Ele advertiu que muitos deles passaram a perder suas casas, sofrem problemas de saúde mental, pensaram em suicídio e se vêem incapazes de alimentar e vestir seus filhos.

Barlow disse que "nós não estamos estragando a festa. Só queremos que as pessoas aproveitem o Natal e não fiquem ansiosas se eles serão capazes de pagar tudo".

O Grupo lançou dicas para evitar dívidas festiva. Além de nunca tomar um empréstimo de Natal, que incluem ser honesto com os membros da família, se as coisas estão apertadas, não comprar presentes para os outros por obrigação.

1) Decida o que você tem para gastar. Faça uma lista e seja realista. Pagando em dinheiro pode ajudá-lo a manter o controle. Deixe os seus filhos ver o seu planejamento cuidadoso - você estará ensinando-lhes uma lição valiosa ao longo da vida

2) Gerenciar as expectativas iniciais. Se as coisas estão apertadas, não tenha medo de dizer isso aos familiares

3) Nunca tome um empréstimo de Natal! Lembre-se das possíveis consequências que podem ser desastrosas para você e sua família.

4) Lembre-se - você não pode comprar amor. Não se sinta culpado se você não puder pagar o último presente para seus filhos. Seu amor e afeto duram mais tempo na memória do que qualquer brinquedo pode

5) Não caia na armadilha de dom recíproco de dar e não comprar por obrigação

6) Não gastar mais nas vendas de janeiro, quando acontecem as liquidações. Faça um orçamento e cumpra- o e, se possível, deixe os cartões de crédito em casa.

veja também