Organização cristã realiza conscientização para combate da malária

Organização cristã realiza conscientização para combate da malária

Atualizado: Terça-feira, 26 Abril de 2011 as 8:48

A organização cristã World Vision está pressionando o Governo a pôr as comunidades no centro de seus esforços para combater a malária.

O apelo vem no Dia Mundial da Malária, nesta segunda-feira (25), quando ativistas do mundo inteiro tentam conscientizar sobre a meta de atingir zero mortes por malária até 2015.

Segundo as estatísticas do grupo de campanha Spread the Net, mais de 3 mil crianças morrem a cada dia na África da malária, enquanto em todo o mundo uma criança morre de malária a cada 30 segundos.

Os organizadores do Dia Mundial da Malária dizem que o número de pessoas que morrem de malária a cada ano tem diminuído nos últimos anos de mais de um milhão para cerca de 790 mil, graças a um maior apoio às prevenções de controle, como a distribuição em massa de redes de mosquiteiros com inseticida.

Eles advertem, no entanto, que ainda há centenas de milhares de pessoas que contraem a malária que são incapazes de ter acesso ao tratamento adequado.

Segundo pesquisa realizada pela Visão Mundial, 85% das mortes por malária ocorrem entre as crianças.

David Thomson, diretor de políticas e programas da World Vision, disse que apesar dos "grandes avanços" feitos no combate à malária nos últimos anos, o Governo britânico não deveria ser "complacente".

A agência de desenvolvimento cristã disse que as comunidades são a "chave" para reduzir o número espantoso de mortes, particularmente os agentes comunitários de saúde.

A organização quer que o Governo do Reino Unido assegure que os governos nacionais invistam em apoio às famílias e comunidades para responder às suas próprias necessidades de saúde.

A Visão Mundial tem trabalhado com sucesso contra a malária no Senegal, onde a doença é comum. É uma parceria entre o Governo do Senegal e comunidades para iniciar o 'Roll Back Malaria Partnership, em que a equipa da Visão Mundial distribui redes de mosquiteiros e ofereceu ajuda as famílias para usá-los corretamente - incluindo, fundamentalmente, a necessidade de dormir sob uma rede todas as noites.

veja também