Organizações cristãs convocam sociedade para orar em favor de crianças em risco

Organizações cristãs convocam sociedade para orar em favor de crianças em risco

Atualizado: Terça-feira, 20 Maio de 2008 as 12

Segundo dados recentes do Unicef, centenas de crianças e adolescentes estão vulneráveis e distantes de casa, incapazes de ir e vir, pois foram traficadas de um país para outro; 50 milhões de crianças a cada ano nascem e vivem sem registro de nascimento e são como estrangeiras em sua própria casa; 10% das crianças com menos de 5 anos nos países em desenvolvimento estão severamente abaixo do peso. No Brasil, não é diferente: 27,4 milhões de crianças são de famílias que vivem com meio salário mínimo ou menos por mês, por pessoa (UNICEF); menos de 100 dólares americanos. Isto equivale a 45% da população brasileira nesta faixa etária.

Pensando na vulnerabilidade dessas crianças e adolescentes, a Rede Mãos Dadas e a Viva América Latina, redes de organizações que trabalham diariamente para que essa realidade seja transformada, realizam nos dias 6, 7 e 8 de junho, o 13º Mutirão de Oração por Crianças e Adolescentes em Situação de Risco.

As boas ações em favor do mais frágil – identificado com o próprio Jesus - formam o conteúdo das orações na campanha de 2008. O texto bíblico escolhido é de Mateus 25.35-40. O versículo é: "O que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram" (Mt 25.40).

Certos de que a oração é o suporte da ação, convidam famílias, igrejas, organizações sociais e a comunidade em geral para orar pedindo por mudanças na situação da infância e na realidade política do Brasil e demais países. No último ano, no Brasil, mais de 71 mil pessoas oraram em 96 municípios e Distrito Federal.

Todos podem participar. Ore pela diminuição das desigualdades; pelo fim do tráfico; pela implementação efetiva do Estatuto da Criança e do Adolescente — ECA, que garante direitos e deveres dos menores de 18 anos no Brasil; e por governantes sábios e preocupados com a situação da infância.

veja também