Os 10 Mandamentos: Ele não confiou a ninguém mais esta tarefa, assim como fez com o restante das Escrituras

Os 10 Mandamentos

Atualizado: Sexta-feira, 14 Setembro de 2012 as 8:53

Moisés foi agraciado por uma aparição pessoal do próprio Jeová.

A forma como esta cena foi montada será um mistério dificílimo de desvendar, pelo menos enquanto permanecermos deste lado da vida.

Podemos, no entanto, imaginar que aquela voz possuía um tom adaptado ao ouvido humano.

Se assim foi, o esvaziamento divino em busca de se comunicar com a sua criatura é uma realidade anterior a sua manifestação através de Cristo (Fl 2:1-10). Um pronunciamento divino em todos os tons, modulações e decibéis originais, poderia ser fatal para o ouvido humano.

Provavelmente o Senhor utilizou algum tipo de filtro sonoro.

Ocorrências como esta colocam em discussão a nossa capacidade de retransmitir com perfeição, mensagens perfeitas que se originaram no coração de Deus.

1. Qual é a amplitude da nossa percepção do divino?

2. Quem garante que as alegadas revelações pessoais são inerrantes?

3. Você garante que não houve interferência proveniente de alguma região sombria ou do coração humano?

4. Podemos basear nossas doutrinas nas conflitantes mensagens proféticas atuais?

Para textos bíblicos como este temos a seguinte garantia dada por Paulo, o apóstolo: Toda escritura é inspirada por Deus, isto é, tudo o que já foi escrito na Bíblia (2Tm 3.16).

Você tem algum tipo de certificado como este?

Talvez os 10 mandamentos contenham o único registro de letras, palavras e frases que Deus escreveu com as suas próprias mãos. Ele não confiou a ninguém mais esta tarefa, assim como fez com o restante das Escrituras.

 

Por: Ubirajara Cerqueira Crespo

veja também