Os não-agradecidos

Os não-agradecidos

Atualizado: Sexta-feira, 16 Agosto de 2013 as 10:05

Os não-agradecidosNão eram dez os que foram curados? Onde estão os nove? Não houve, porventura, quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro? [Lucas 17.17-18]
 
Os não-agradecidos são mais numerosos do que os agradecidos. E também muito mais conhecidos.
 
Eram dez homens tidos como leprosos e discriminados pela lei de Moisés. Por uma questão de saúde pública, não podiam abraçar as esposas nem se aproximar de qualquer transeunte. Eles eram obrigados a avisar sobre sua condição para evitar algum contágio cerimonial ou real.
 
Durante uma das viagens de Jesus pelo norte, ao entrar em um povoado, dez leprosos foram se encontrar com ele. Como mandava o figurino, os homens pararam de longe e gritaram: “Jesus, Mestre, compadece-te de nós!” (Lc 17.13). Jesus se compadeceu e providenciou a cura deles, mas não naquele local nem naquele momento. Uma vez curados, nove correram para casa. Apenas um voltou à entrada do povoado, louvando a Deus em voz alta e encostando o rosto no chão onde estavam os pés de Jesus para agradecer (Lc 17.15-16). Jesus lhe perguntou: “Não eram dez os que foram curados? Onde estão os nove [não-agradecidos]?”.
 
— Deus me livre da falta de gratidão por coisas grandes e pequenas!
 
 
- Elben César
Retirado de Refeições Diárias com Jesus
via Ultimato
 

veja também