"Os que esperam no Senhor não se frustrarão!", diz Estevam Hernandes

"Os que esperam no Senhor não se frustrarão!", diz Estevam Hernandes

Atualizado: Quinta-feira, 1 Dezembro de 2011 as 10:19

Nesta quarta-feira (30.11), na Noite de Poder, o apóstolo Estevam Hernandes falou sobre o caminho da cura, usando como texto base a passagem que está em João 5, que relata a cura do paralítico no tanque de Betesda. “Aquele homem estava esperando a cura pela intervenção de um anjo, mas Jesus chegou e, com uma Palavra, houve cura. Ele venceu o tempo de espera!”, disse ele.

O tanque de Betesda tinha vários pavilhões com uma unção de cura, explicou. “Uma vez por ano, o anjo do Senhor vinha e agitava as águas. Todos ficam na expectativa da vinda do anjo... Havia um homem esperando um anjo há 38 anos.”

Para chegar à cura, explicou, aquele homem teve que descer cinco degraus. “O primeiro degrau é vencer os impedimentos que o diabo coloca. Muitas vezes o diabo se disfarça e não percebemos sua atuação. Não dê lugar ao diabo, não dê espaço para ele! Isso é se entregar, abrir brechas na sua vida! Temos que vencer todos os impedimentos do diabo. Não podemos fazer vistas grossas! Temos que resistir ao diabo para que ele fuja de nós!”, disse ele.

O segundo degrau é o poder corrosivo do pecado, afirmou. “Ele é corrosivo, retira os seus valores espirituais. O diabo tenta corromper com a prostituição. Nós temos que vigiar para não sermos manchados. Seja separado, Deus te separou das obras do diabo, como está em 1ª João 4.”

O apóstolo disse ainda que o terceiro degrau que temos que vencer é o da incredulidade. “Jesus disse a Pedro que ele precisava se converter. Ele andava com Jesus, mas precisava crer incondicionalmente. O que mais fere Jesus é quando desconfiamos dele... Em Hebreus 3.12 diz que não devemos ter um coração incrédulo. Sem fé é impossível agradar a Deus.Vença este degrau, não coloque em dúvida se Deus pode ou não pode.”

O quarto degrau é o do desânimo, continuou ele. “Muitas vezes andamos tanto e depois desfalecemos... Mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças. Não desanime! Pense que aquele que começou a boa obra é fiel e justo para aperfeiçoá-la. Ainda que você pense que está demorando, Deus não parou de trabalhar, Ele está agindo! Tenha certeza disso!”.

O quinto degrau é o da rebeldia, que é como feitiçaria, completou o apóstolo. “Rebeldia é passiva ou ativa. A ativa é aquela assumida. Agora o rebelde enrustido faz cara que concorda, mas por dentro está fuzilando... Não seja assim, isso não vem de Deus!”.

Mas Jesus chegou ali e aquele paralítico foi curado pela Palavra que saiu da sua boca, disse ele. “Mesmo que pareça demorado, ele virá apressadamente. Vença o tempo da espera! O poder da Palavra cura imediatamente!”, afirmou.    

veja também