Ousadia e organização transformam igreja em ?gigante? no Mutirão de Natal

Ousadia e organização transformam igreja em ?gigante? no Mutirão de Natal

Atualizado: Segunda-feira, 20 Dezembro de 2010 as 3:56

Uma igreja pequena e uma rua estreita, cercada por muitas casas. Pessoas indo e vindo o tempo todo não deixam de olhar o letreiro “Igreja Adventista do Sétimo Dia”, bem iluminado e numa posição privilegiada em frente ao templo. Quem chegava entrava rápido para o ar refrigerado não saísse. Dentro uma montanha de alimentos cobria quase que completamente a parede atrás do púlpito. O ambiente era confortável e as pessoas cantavam e se comunicavam como se fossem todos de uma só família.

Esse foi ambiente da celebração de encerramento da campanha Mutirão de Natal na pequena igreja, que chamou atenção da sociedade para o que pode ser feito quando há organização, dedicação e esforço em conjunto. Localizada na Rua General Glicério, Bairro Praça 14, Manaus, a pequena igreja de Nhamundá, com apenas 59 membros, arrecadou mais de seis toneladas de alimentos, e provavelmente é a que mais arrecadou proporcionalmente ao número de membros, em toda região. A estratégia consistiu no envolvimento dos membros, empresários da comunidade, e moradores amigos adventistas.

A campanha que começou no dia 17 de agosto e terminou em 18 de dezembro vai beneficiar a ADRA Amazonas com 1500 quilos de alimentos, e mais 300 famílias carentes no bairro Praça 14. Alguns mercados parceiros do Mutirão de Natal e Conselho Tutelar também devem receber cestas para ajudar a igreja na distribuição. Segundo o coordenador do Mutirão, Moisés Gusmão, a Igreja foi abençoada com a ação. “Esse trabalho desperta em nós o sentido de nossa igreja existir aqui no bairro, e aumenta a responsabilidade como Cristãos”.

A celebração realizada no sábado, dia 18 de dezembro, contou com a presença dos pastores Marcondes Ferreira (distrital), Milton Rodrigues (auxiliar), e Landerson Santana (diretor da ADRA Amazonas). Na ocasião os pastores do distrito foram homenageados. Após 35 anos de ministério o pastor Marcondes está sendo jubilado, e Milton será transferido para o distrito de Tabatinga.

Na quarta-feira, 22, ainda acontecerá um culto em ação de graças pelos resultados da campanha. Nesse dia parte das 400 cestas começam a ser distribuídas para as famílias cadastradas. Com 15 itens a cesta chega a pesar 20 quilos, e leva também o livro missionário “Ainda Existe Esperança”. A Igreja Adventista de Nhamundá está presente há quatro anos no bairro, e o Mutirão de Natal acontece desde 2007. Para 2011, os adventistas da pequena igreja já planejam chegar aos 10 mil quilos de alimentos, que vão aliviar o sofrimento de muitos levando pão, mas principalmente esperança.

veja também