Ozzy Osbourne se aborrece com uso de composição sua em protesto

Ozzy Osbourne se aborrece com uso de composição sua em protesto

Atualizado: Sexta-feira, 15 Outubro de 2010 as 8:17

"Estou enojado e aborrecido com o uso da 'Crazy Train' para promover mensagens de ódio e do mal por uma 'Igreja," disse OZZY OSBOURNE em resposta à notícia de que a Igreja Batista de Westboro, sediada no Kansas, usou a letra da sua música em uma audiência na Suprema Corte na terça feira, 6 de outubro. Uma advogada – filha do fundador da Igreja, juntamente com sua irm㠖 parafrasearam a letra da ''Crazy Train'' de Osbourne em uma coletiva de imprensa após a audiência na Suprema Corte em Washington D.C.

A Igreja é descrita pelo The Wall Street Journal como ''uma pequena Igreja do Kansas... [que] ... prega que as mortes de americanos no Afeganistão e Iraque são uma punição pela tolerância dos americanos à homossexualidade e aborto''. O site Examiner.com destacou que ''suas demonstrações extravagantes nos funerais de membros heterossexuais utilizam os eventos para destacar sua crença de que as mortes de militares no exterior são punição justificada para a tolerância dos EUA ao homossexualismo. 'Você vai para o inferno', 'Graças a Deus pelos soldados mortos', e 'Deus te odeia' são slogans populares da Westboro".

Em uma aparição em junho no programa de rádio transmitido em rede nacional, ''Rockline'', Ozzy atacou o protesto da Igreja Batista de Westboro no funeral de Ronnie James DIO. ''Eu pensei que foi de extremo mau gosto aquelas pessoas levarem aquelas faixas sobre o Ronnie James DIO. Isso é nojento. Eles dizem que somos anti-Cristos. Bem, o que faz deles melhores?''.

veja também