Pacto e envio de Deus são temas da primeira Ceia de Oficiais de 2011

Pacto e envio de Deus são temas da primeira Ceia de Oficiais de 2011

Atualizado: Segunda-feira, 10 Janeiro de 2011 as 3:18

O envio, o pacto e a aliança do Senhor conosco foram os temas da Palavra ministrada pelo apóstolo Estevam Hernandes na primeira ceia de oficiais do Ano Apostólico de Abraão, que aconteceu neste sábado, dia 8 de janeiro, no pavilhão amarelo do Expo Center Norte, em São Paulo.

‘‘Você tem um envio sobre sua vida. Quando Deus tira Abraão da sua casa e da sua parentela, ele estava cumprindo um propósito espiritual. A aliança de Abraão encerra um período da queda do homem e inaugura um tempo da comunicação de Deus com o homem através de Abraão. O Senhor o chama e estabelece um pacto’’, disse o apóstolo. Ele leu o texto que está em Gênesis 12.1-5 e também Gênesis 3.15.

O apóstolo ressaltou que Satanás entrou no meio e desfez o propósito de Deus na vida de Adão e Eva, mas Ele enviou Aquele que esmagaria a cabeça da serpente, Jesus. ‘‘Nós entendemos na Palavra este envio glorioso do Senhor. Nós temos um pacto estabelecido com Deus.’’

Ele acrescentou que, no Salmo 105, Davi fala que o pacto do Senhor com Abraão foi por mil gerações. ‘‘Muitos, na palavra, não aceitaram o envio e este pacto foi quebrado, como aconteceu com Saul. Deus deu a ele um reinado e ele desobedeceu a Palavra do profeta. Por causa disso, ele perdeu o reinado, seus filhos e a própria vida. Saul brincou com o envio, quebrou a confiança que Deus havia depositado sobre ele. Se você voltar atrás, você quebra o pacto, que foi o que Saul fez.’’

Ele também citou o exemplo de Gideão, a quem Deus chamou para conduzir Israel, mas ele titubeou. ‘‘O envio gera herança, mas a quebra do pacto não. Gideão causou mortandade a seus filhos por não ter aceitado o envio. Muitos outros desfizeram este pacto e foram roubados. Nós temos que entender que Deus quer nos aperfeiçoar e trabalhar as nossas vidas. E neste ano de 2011, Deus vai mostrar a Satanás que você não se dobra a ele!’’, disse ele.

Quando estamos neste processo com Deus, Ele nos manda para o deserto, continuou o apóstolo. ‘‘Abraão foi para o deserto, assim como Jesus. O Espírito o enviou para o deserto para ser tentado. O seu envio passa pelo deserto. Muitos que não tem consciência desta palavra estão morrendo no deserto, mas você vai sair vitorioso!’’.

"O envio nos faz abrir mão daquilo que nos custa. Jesus abriu mão de tudo, se esvaziou para se tornar homem e morrer por nós. Jesus foi obediente até a morte... Abraão teve que abrir mão de sua terra, sua casa, seus parentes, mas ele pagou um preço. Mas nós estamos dispostos a pagar um preço! Nós sofreremos todas essas coisas porque temos aliança e pacto!’’.

Por causa deste pacto, o Senhor está te restaurando, disse ele. ‘‘O sangue de Jesus nos purifica de todo pecado, nós estamos perdoados. A fé justificou Abraão e nós como Igreja temos o sangue de Jesus que nos justifica. Ele quer nos dar este revestimento, como homem, Ele estava revestido de Deus. Nós temos o revestimento de Deus nas nossas vidas!’’, afirmou.

Ele explicou que o pacto nos reveste de força e de poder. ‘‘Temos o revestimento de Davi, que era um revestimento de força. Você tem força de Deus! Você tem um pacto e aliança. Quem tem pacto com Deus também está de revestido de poder. Nós temos o poder do alto, que é o poder de Deus’’, disse ele. ‘‘Você faz parte do pacto e vai andar no nível de fé de Abraão, esta fé está sendo imputada na sua vida. Eu tenho a fé de Abraão! Nós temos a herança da fé, vamos operar na fé de Abraão!’’.

Ele disse ainda que temos a riqueza de Cristo, como está em 2º Coríntios 8.9. ‘‘O Senhor Jesus se fez pobre na terra para que nós fossemos ricos!’’, disse ele, acrescentando que todas as bênçãos de Abraão estão sobre a Igreja de Jesus Cristo. ‘‘Quem tem um pacto, Deus coloca uma marca... Você traz no corpo as marcas de Jesus Cristo!’’.

Por Pra. Cláudia Pires

veja também