Pai conta que pediu a Deus que o levasse no lugar da filha

Pai conta que pediu a Deus que o levasse no lugar da filha

Atualizado: Terça-feira, 13 Novembro de 2012 as 10:57

 

manuellaNa última quinta-feira, 8 de novembro, o Brasil se entristeceu com mais uma morte de criança esquecida dentro de um carro.
 
A pequena Manuella Sueth, de 10 meses, foi esquecida pelo pai, o comerciante Clovis Perrut Mantilla, no bairro Água Limpa, no Sul Fluminense.
 
Sábado, 10 de novembro, Clovis publicou uma carta à filha no Facebook, dizendo que pediu para que Deus o levasse em seu lugar.
 
 
"Senhor se possível me leva para junto de ti e devolve a minha anjinha de volta para essa terra. Mas se essa for sua vontade, eu sei que não posso falar mas com ela, só o senhor pode me ouvir. Então por favor leia isso para ela:
 
Meu anjinho, minha Manuzinha, você é o meu coração, e ele morreu por minha culpa. Mas eu nunca quis te causar nenhum mal. Enquanto eu levava seu corpinho ao hospital eu pedi para papai do céu pra me levar no seu lugar. Mas ele te escolheu pois você, porque você será um anjo mais belo e puro, e esse mundo terrível não é digno de você, espere o papai ai. Em muito breve estaremos juntos, só não sei o dia, mas eu, a mamãe e o Juan iremos nos reencontrarmos com você no céu. Os dez meses e dez dias que você esteve conosco foram os mais belos, felizes e maravilhoso de nossas vidas. Sempre vou te amar meu anjinho, até daqui a pouco. Papai”.
 
 
Até as 11h de segunda-feira, quase 3 mil pessoas já haviam compartilhado no Facebook a carta escrita por Clovis. Nos comentários à mensagem que contém o texto de despedida, mais de 200 pessoas enviaram condolências à família de Manuella.
 
 
com informações do G1
 

veja também