Pai de vítima do Realengo fala sobre Deus em entrevista a Rede Globo

Pai de vítima do Realengo fala sobre Deus em entrevista a Rede Globo

Atualizado: Quinta-feira, 14 Abril de 2011 as 8:57

Na manhã desta terça-feira (12), o programa Mais Você, da Rede Globo de Televisão debateu a superação da perda de um filho. Baseado na tragédia que ocorreu em Realengo, Zona Oeste do Rio de Janeiro, na última quinta-feira (7), o programa teve a participação de Adriana Tomaz, especialista em Terapia do luto, que falou sobre o massacre e destacou o luto coletivo que todos estamos vivendo.

O programa recebeu ainda o pai e a avó de Larissa dos Santos Atanázio, de 13 anos, Robson Moreira Torres e Sônia Moreira Torres.

Robson, membro da Igreja Presbiteriana, contou que enquanto voltava do trabalho para Realengo, ficou questionando com Deus o porquê de aquilo tudo estar acontecendo e disse ainda como tem buscado forças em Deus para superar a dor.  “O que está me confortando é a força de Deus. Enquanto voltava do trabalho, pedia a Deus para que não deixasse que acontecesse nada com aquelas crianças. Para mim, ele (Wellington) só estava atirando no teto e nas paredes. E nisso, eu ouvi a voz de Deus no meu ouvido esquerdo dizendo:  ‘Aquieta o seu coração, porque ela (Larissa) está comigo. Daqui para frente, quem irá cuidar dela sou Eu’. Eu continuei no meu caminho chorando e na esperança de encontrar minha filha ainda viva. Me disseram que ela tinha levado um tiro no braço”.

Robson conta que quando chegou a Realengo, na listagem do hospital não aparecia o nome de Larissa. Quando ele e o irmão foram fazer o reconhecimento das fotos, veio a triste notícia. Larissa era uma das 12 crianças mortas por Wellington Menezes de Oliveira, um ex-aluno da Escola Municipal Tasso da Silveira.

Ele afirma que naquele momento veio a confirmação do que Deus lhe havia falado no caminho. “Naquele momento, eu glorifiquei o Nome do Senhor porque ela está com Ele, e perguntei: ‘Senhor, só ela?’ E o Senhor disse que não. O Senhor colheu todas as crianças para Ele. Nenhum sangue inocente foi para o inferno. Fui testemunha disso”, disse emocionado.

Mesmo em meio a todo o momento de dor, ao final de sua participação no programa, Robson pediu um espaço para deixar uma mensagem da Palavra de Deus para todos os presentes no estúdio e também para os telespectadores. “Tenho dois versículos para deixar para meditação: Isaías 43. 13 – ‘ Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá? ’; e Habacuque 3. 17 e 18 - ‘ Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação ’.   Assista a matéria completa:      

veja também