Pai queima filho de cinco anos porque ele insiste tocar em sua Bíblia

Pai queima filho de cinco anos porque ele insiste tocar em sua Bíblia

Atualizado: Quinta-feira, 7 Julho de 2011 as 10:29

Um evangélico do Arizona, nos Estados Unidos, Johnny Salazar, está sob custódia da polícia por ter queimado seu filho, de apenas 5 anos, com um isqueiro. O motivo da agressão à criança, atingida no braço e no pulso, era a insistência em tocar a bíblia do pai.

Salazar foi preso no último domingo por abuso infantil. O homem de 25 anos contou à polícia que “o filho estava possuído e ele não queria que um endemoniado tocasse sua bíblia”. Na tentativa de fazer com que a criança parasse, o pai resolveu usar o isqueiro.

Os avós do menino foram os primeiros a perceber as bolhas de queimadura e imediatamente chamaram a polícia. “É um caso de abuso infantil e não sabemos se o pai estava sob o efeito de alguma substância ou realmente acredita que a criança estava possuída”, relatou o investigador do caso.

No momento da prisão, Salazar falava sobre demônios e possessões. A polícia encontrou material suspeito na casa e encaminhou para análise laboratorial. A criança sofreu apenas ferimentos leves e permanece com a mãe.  

veja também