Palestra com Carlos Bezerra Jr. capacita líderes cristãos a prevenir abuso contra crianças

Palestra com Carlos Bezerra Jr. capacita líderes cristãos a prevenir abuso contra crianças

Atualizado: Sábado, 7 Novembro de 2009 as 12

Carlos Bezerra Jr. ministrou palestra sobre violência sexual infanto-juvenil para capacitar líderes evangélicos a identificar situações de abuso, diminuir riscos e denunciar esse crime. A preleção, realizada na noite de sábado, 31, na Igreja Cristã da Família, na Vila Marina, reuniu 100 pessoas, entre pastores, pais e responsáveis.

"O trabalho nas igrejas é fundamental. Primeiro, para desmentir a falsa impressão de que essa violência não acontece dentro dos templos. É preciso saber reconhecer o problema, e, para isso, levar informação é o passo inicial. Conscientizar esse público é tão importante quanto investir na formação de agentes sociais", afirmou o vereador.

Desde que assumiu a relatoria da "CPI da Pedofilia", em março deste ano, o parlamentar vem ministrando palestras sobre o tema em universidades, igrejas e centros de assistência. A capacitação ministrada por ele é baseada na cartilha "7 Passos Para o Enfrentamento à Violência Sexual Infanto-Juvenil". Produzida por seu mandato, a cartilha prevê sete etapas para combater o abuso sexual contra crianças. O material explica as diferenças entre exploração, violência e pornografia infantil, indica como o abusador age na maioria das vezes, e ensina a perceber na criança sinais físicos e psicológicos de violência. A apostila complementa essas informações trazendo seis locais e telefones em que é possível fazer a denúncia sob total sigilo.

"Um dado apresentado chamou minha atenção. Não fazia ideia que uma criança é abusada a cada oito minutos no Brasil (a informação, de 2006, é da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República). O conteúdo da palestra foi esclarecedor, e a cartilha, bastante didática. Além disso, foi importante ter aberto espaço para responder a perguntas. Há muitas dúvidas sobre esse tema e poucos espaços para esclarecê-las", destacou Saulo Torres Junior, 26, estudante de Ciências Sociais e missionário ligado a área social da igreja.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também