Papa Francisco critica o uso da religião como negócio

Papa Francisco critica o uso da religião como negócio

Atualizado: Quinta-feira, 25 Abril de 2013 as 8:11

 

papa franciscoNa missa celebrada na segunda-feira, 22 de abril, o papa Francisco fez um alerta sobre o abuso da fé.
 
Ele citou os "ladrões e bandidos que usam a religião como um negócio" e exploram a boa fé das pessoas.
 
"Também na comunidade cristã há arrivistas. Fingem que fazem parte mas são ladrões e bandidos, já que roubam a glória a Jesus, buscam sua própria glória. Para eles, como os fariseus, a religião é um negócio", afirmou o pontífice.
 
O líder da igreja católica também lembrou que a única porta para chegar ao Reino do Céu é Jesus. 
 
"Há muitos caminhos, talvez mais vantajosos, para chegar, mas são enganosos, não são verdadeiros, são falsos. O único caminho é Jesus (...) Mas alguns dirão, Pai, o senhor é fundamentalista! Não, simplesmente Jesus disse isso: 'eu sou a porta, eu sou o caminho que dá a vida'. Só isso".
 
 
com informações da UOL
 
 

veja também