Para quem crê na Palavra de Deus, 'o certo e o errado' não é questão de ponto de vista

'O certo e o errado' não é questão de ponto de vista

Atualizado: Sexta-feira, 14 Dezembro de 2012 as 9:37

 

A pastora Sarah Sheeva é conhecida por escrever e ministar conselhos a jovens solteiras, principalmente.
 
Em seu blog e em seu facebook, Sarah já publicou alguns textos em que explica melhor alguns temas que geram dúvidas.
 
Em um deles, a pastora esclarece a determinação que Deus fez sobre o certo e o errado. Confira:
 
 
 
Será que existe “o certo e o errado”, ou será que é uma questão de ponto de vista?
 
Para o mundo “o certo e o errado” é uma questão de ponto de vista.
 
Mas pra quem crê na Palavra de Deus não.
 
Para quem crê, existe o que é CERTO, e existe o que é ERRADO. Existe aquilo que é certo, e existe aquilo que é errado.
 
Quem dita as regras?
 
Quem dita as regras da vida?
 
A resposta é:
 
Quem tem o Poder de dar (e de conservar) a vida = Deus!
 
E como nós que cremos reconhecemos a Bíblia como fonte da verdade teológica, para nós então a Bíblia é um guia (e uma palavra definitiva) sobre as coisas que são CERTAS, e sobre as coisas que são ERRADAS.
 
Observe que, além de mandamentos e doutrinas, a Bíblia também contém histórias, que, nem sempre incluem MANDAMENTOS, ensinamentos doutrinários, ordens de Deus, estatutos, etc.
 
Mas além dessas histórias, a Bíblia contém outras que incluem mandamentos. Existem livros específicos sobre estatutos, e existem os estatutos temporais, e os estatutos PERPÉTUOS, ou seja, perpétuos são aqueles que nunca expiram (pelo menos enquanto vivermos aqui nesta dimensão).
 
Um exemplo sobre “estatuto temporal” = A proibição de comer carne de porco. (Deuteronômio 14.8 – Atos 11. 4 a 15).
 
Um exemplo de “estatuto perpétuo” = “Não adulterarás…”
 
(Êxodo 20.14 – Mateus 5.27)
 
Mas continuando a falar sobre “certo e errado”, para o mundo (e para os DESobedientes), o “certo” é aquilo que simplesmente “dá prazer”, aquilo que produz “sensações” de prazer, ainda que rapidamente e momentaneamente. Ou seja, para o mundo, o “certo” é auto satisfazer-se, e ponto final.
 
Mas nós (que cremos na Bíblia) sabemos que isso é mentira. Porque?
 
Porque nem tudo que nos dá prazer nos faz bem. As vezes aprendemos a ter prazer em algo MALIGNO e destrutivo. Porque?
 
Porque os prazeres são “aprendidos” e desenvolvidos em nossa alma, desde a infância.
 
Por isso, podemos ter aprendido a sentir prazer em algo muito ruim para nós, podemos ter uma determinada vontade HOJE, que aprendemos e desenvolvemos HÁ MUITO TEMPO ATRÁS, quando nem tínhamos consciência das coisas espirituais.
 
As vezes, prazeres completamente malignos podem ser desenvolvidos no período da adolescência, onde estamos descobrindo as sensações e emoções, onde o desconhecido (e o “proibido”) causam grande curiosidade (mas isso não significa que na fase adulta estejamos imunes a desenvolvermos prazeres por coisas ruins).
 
Por exemplo: um adolescente experimentou cigarro, achou o gosto ruim, mas mesmo achando ruim, insistiu em aprender a fumar. A partir daquele momento aquele jovem desenvolve, aprende a sentir prazer em inalar (pela boca) uma fumaça podre (que fede). Ele aprendeu a sentir prazer, desenvolveu prazer por algo que, além de feder e ter gosto de cinzeiro (algo horroroso), é algo que, cientificamente provado, faz mal a saúde e que pode matar.
 
Ou seja, o ser humano PODE SIM desenvolver/aprender a sentir prazer em algo terrivelmente destrutivo e maligno.
 
Por isso, NEM TUDO O QUE NOS DÁ PRAZER NOS FAZ BEM.
 
As vezes aprendemos a querer o PIOR para nós, e não o MELHOR.
 
Voltando ao CERTO e ERRADO, o CERTO é o melhor, é aquilo que te faz bem, que melhora a tua vida, que não produz malefício, que não prejudica a saúde, que está alinhado com a vontade de Deus (descrita em Sua Palavra), ou seja, aquilo que não te prejudica em nenhuma área: física, emocional e espiritual. E que te faz bem, que produz benefícios nessas áreas.
 
Observe que nem sempre o que produz benefícios nos dá prazer na hora, mas muitas vezes, na hora é até desagradável para a nossa carne e pra nossa alma, porém, depois trás paz ao nosso espírito, juntamente com bons frutos.
 
Já o ERRADO é aquilo que nos faz mal, é o PIOR, aquilo que nos prejudica em alguma área: física, emocional, espiritual.
 
Porém como já te falei, não confunda PRAZER com BENEFÍCIO, porque dependendo da situação, a nossa percepção de prazer pode estar errada e distorcida, ou seja, não confie no prazer, pois NEM TUDO O QUE NOS DÁ PRAZER, NOS FAZ BEM.
 
O ERRADO é aquilo que nos faz MAL. É aquilo que nos PREJUDICA de alguma forma. Por isso não podemos confiar em nossas SENSAÇÕES porque elas podem nos enganar.
 
Escrevendo sobre isso, veio a minha memória uma historia bem triste, um acidente terrível que ocorreu aqui no Brasil, em Goiânia, no ano de 1987. Foi um acidente com lixo atômico, eu tinha 14 anos na época, e lembro bem da repercussão, não se falava em outra coisa nos noticiários. O acidente foi assim: dois homens entraram num local abandonado (que era um antigo hospital), ali nos escombros eles encontraram uma capsula com material radioativo (Césio-137), e sem saber do perigo, venderam aquela capsula para outro homem que levou a capsula pra casa. Ao abrir a capsula, o homem encontrou um pó brilhante de cor azulada que parecia ser algo “sobrenatural”, pois além de fascinante, ele brilhava no escuro.
 
Maravilhado com a beleza daquele pó brilhante, o homem chamou alguns parentes que também ficaram impressionados, e alguns na empolgação, chegaram a espalhar o pó pelo corpo! Mas sem terem ideia do que estavam fazendo, sem saberem que aquele pó “tão lindo” era altamente mortal para eles.
 
A história impressionava não apenas pela gravidade, pelas vítimas fatais, e pela grande quantidade de pessoas contaminadas, mas principalmente por causa da inocência das vítimas fatais, que “na maior boa intenção”, causaram a morte de pessoas que amavam, e a própria morte.
 
Esse acidente me veio a memória como um exemplo perfeito de algo que PERECE ser CERTO, que parece ser bom… mas que na verdade é algo muito ruim e MUITO ERRADO.
 
Entenda, o certo e o errado existem. E quem definiu isso? Foi Aquele que criou todas as coisas. Cabe a nós enxergarmos isso, reconhecermos isso, buscarmos conhecer cada vez mais a verdade, para discernirmos o que é mentira.
 
Deus é tão justo e tão bom que não leva em conta o tempo da nossa ignorância. Mas não devemos nos acomodar na ignorância, devemos buscar cada vez mais o conhecimento sobre o que é certo e o que é errado.
 
Sempre digo pras pessoas que Jesus é SIMPLES, mas que o mundo espiritual é COMPLEXO. Por isso, não se deixe enganar pela aparência das coisas deste mundo. A Bíblia diz que o mundo (sistema) jaz no maligno, que o diabo é o regente deste mundo (sistema). Dessa forma, o sistema é responsável (sob a influencia de seu regente, o diabo) por nos sugerir vontades, nos sugerir comportamentos, nos sugerir um estilo de vida, nos sugerir uma conduta e uma vida de “porta larga”.
 
Mas não se deixe enganar, a porta CERTA é estreita, e o caminho CERTO é apertado, ele é desafiador mesmo. Jesus Cristo nunca disse que viver seria fácil. Mas Ele mandou que tivéssemos bom ânimo, porque Ele venceu o mundo (sistema). Ele nos mostrou que mundo é passageiro, mas que a eternidade nos aguarda.
 
Por isso, no dia a dia, não devemos nos deixar enganar pelas sensações, pelas percepções da alma, devemos buscar a direção do Espírito Santo e da Palavra de Deus.
 
Busque a direção dEle, peça a Ele que te mostre se você não está fazendo algo muito ERRADO que PAREÇA algo CERTO.
 
Talvez, lendo esse texto você tenha enxergado que fez algo errado, algo que na hora, te pareceu ser algo CERTO e até muito bom pra você. Mas agora as escamas que te cegavam, caíram dos teus olhos. Se isso te aconteceu, saiba que Deus SABE que você era ignorante, que você não sabia que estava fazendo a coisa errada, por isso, se você reconhecer, confessar a Ele, e pedir perdão, Ele te perdoa na hora.
 
Deus ama você.
 
Assim como a historia desse acidente que eu citei, a tua historia pode ter vários relatos horríveis… Mas se você ainda está lendo esse texto, é porque você ainda está vivo(a)… Por isso AINDA EXISTE JEITO de mudar o final da tua história.
 
Decida obedecer a Deus. Busque o conhecimento de Deus.
 
Busque o Reino dEle, e aí TODAS as outras coisas te serão acrescentadas (Mateus 6.33).
 
 
 

veja também