Parlamentares evangélicos se movimentam para barrar venda de bebida alcoólica em estádios da Copa

Evangélicos querem barrar bebida alcoólica em estádio

Atualizado: Quarta-feira, 14 Março de 2012 as 11:26

O Ministério Público acaba de ganhar mais um aliado na disputa pela proibição de venda de bebidas alcoólicas no estádios que sediaram a Copa do Mundo no Brasil. A comercialização, que é uma exigência da FIFA, vem sendo questionada agora também pelos parlamentares evangélicos.

Segundo o jornal O Globo existe um movimento das bancadas religiosas para derrubar, no plenário da Câmara Federal, a permissão para venda de bebida alcoólica nos estádios durante a Copa. Para a FIFA, a imagem de torcedores bebendo nos estádios é uma publicidade estratégica da indústria de bebida, parceira preferencial da entidade nas competições pelo mundo, principalmente na Europa.

A proposta em discussão - apesar da declarada resistência dos parlamentares evangélicos - pode permitir a comercialização das bebidas desde que os torcedores consumam em locais específicos das arenas, os chamados bebódromos.

veja também