Partido provoca polêmica ao usar Jesus como garoto-propaganda

Partido provoca polêmica ao usar Jesus como garoto-propaganda

Atualizado: Segunda-feira, 13 Abril de 2009 as 12

O Partido Nacional Britânico (BNP, na sigla em inglês), vem realizando uma campanha publicitária no mínimo polêmica, pois utiliza Jesus como garoto-propaganda para angariar votos e levar um de seus deputados para o Parlamento Europeu.

A campanha usa cartazes nos quais estão impressos uma passagem bíblica (João 15.20), uma pintura representando o Salvador e a seguinte pergunta: "O que Jesus faria?". Na mesma peça publicitária, aparece a resposta: "Votaria no BNP".

Segundo a BBC londrina, o partido aumentou seus esforços para se apresentar como o defensor da agenda cristã no Reino Unido, num momento em que diversas iniciativas de organizações que pregam o ateísmo chamam a atenção da sociedade britânica. A mais ruidosa delas é a exposição de cartazes com dizeres como "Provavelmente, Deus não existe" nos ônibus das principais cidades inglesas.

veja também