Partido Trabalhista Cristão apoia Chalita na corrida pela prefeitura de São Paulo

Chalita ganha apoio de mais um partido político cristão

Atualizado: Quarta-feira, 21 Março de 2012 as 8:54

Gabriel Chalita, candidato a prefeitura de São Paulo pelo PMDB, ganhou mais um apoio formal em sua batalha nas eleições municipais. Nesta terça-feira, o peemedebista recebeu em Brasília o apoio formal do PTC, que agora também marchará ao lado do PSC.

A aliança com partidos cristãos mostra a preocupação de Chalita em atingir o eleitorado evangélico da cidade."Se realmente houver uma conjunção das igrejas católica e evangélica a seu favor, tenho a certeza de que você será prefeito de São Paulo", disse o pastor Sá Freire ao candidato. Pragmático, o pastor lembrou que já sairia da sala da presidência do PMDB, onde foi anunciada a aliança, com um "retrato" de Chalita para mostrar aos fiéis em quem os evangélicos deverão votar.

Segundo A Agência Estado, só na capital, A Igreja Quadrangular tem algo em torno de 150 mil adeptos. O pastor Sá Freire, que é um dos fundadores do PTC, previu nesta terça que a grande maioria dos cristãos paulistanos ficará com o candidato do PMDB e não com o adversário petista Fernando Haddad. "Os cristãos mais conscientes vão partir para cá. Os inconscientes vão para lá (para o PT)", provocou.

No encontro solene que selou a parceria com o Partido Trabalhista Cristão, o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp (RR), destacou que o candidato do partido parece já ter caído na graça de Deus. Falta agora, completou, cair na segunda graça: a do eleitor. Apesar da concorrência com o PT de Haddad e o PSDB do ex-governador José Serra, Raupp avaliou que conquistar o eleitor não será tarefa assim tão difícil. "Se o Chalita juntar os eleitores que rejeitam Serra e o PT, já dá para ganhar a eleição só com esses votos", brincou o senador.

veja também