Páscoa é celebrada com festa em todas as igrejas Renascer em Cristo

Páscoa é celebrada com festa em todas as igrejas Renascer em Cristo

Atualizado: Segunda-feira, 25 Abril de 2011 as 12:09

Neste domingo de Páscoa, dia 24 de abril, os cultos de Celebração da Família foram marcados por festa e alegria em comemoração à ressurreição de Jesus Cristo. No Renascer Hall, dança, coral, orquestra e Renascer Praise se uniram para louvar ao Senhor neste dia especial.

Nos cultos das 10h e 17h, a bispa Sonia Hernandes ministrou sobre a Páscoa, afirmando que precisamos acreditar que Deus é o Deus do impossível. “Na sexta-feira houve morte e destruição. O inferno comemorou. Muitas vezes, estamos passando por uma sexta-feira... Depois vem o sábado, aquele período que parece que Deus desapareceu, que não responde suas orações. Mas é um tempo de espera, em que Deus está agindo. Então, finalmente vem o domingo e há ressurreição!”, disse a bispa.

Por isso, continuou, temos que resistir no dia da espera. “Muitas vezes, parece que o sábado não vai passar... O sábado pode durar um dia, um mês, um ano... Mas o domingo chega, em nome de Jesus, e tudo que parecia perdido, ganha vida!”.

Mais tarde, no culto das 19h, o apóstolo Estevam Hernandes ministrou o povo com base na Palavra que está em Mateus28.2-10. “Ao ressurreição tem um significado espiritual profundo, mas precisamos entender que Jesus ressuscitou como homem, pois muitos o viram. Ninguém poderia prever ou imaginar que, passados três dias, haveria ressurreição. E o apóstolo Paulo nos fala desta autoridade contra a morte em Romanos 8... Se o Espírito habita em você, Ele te dá o poder da ressurreição, porque vivemos em uma sociedade de mortos vivos e muitos precisam viver esta ressurreição”, disse o apóstolo.

“A vida vai te frustrando, te depecionando, te machucando... Você fica sempre vivendo na expectativa que algo vai mudar... Muitas decepções e frustrações vão matando os sonhos e tirando o sabor da vida. Nada que você consegue é exatamente como esperava... Uma sucessão de fatos que vão matando os sonhos, então a pessoa só vê um caminho: a morte. Satanás quer nos assolar com o poder da morte, mas Jesus veio para que tenhamos vida em abundância! E o que nos dá a vida é a ressurreição de Jesus!”.

Jesus tem que habitar em todas as áreas da sua vida para que a morte seja tragada, afimou o apóstolo. “O amanhã existe para quem tem vida em abundância. Amanhã será um dia maravilhoso em qualquer hipótese! Tudo que acontecer conosco será bom, porque estamos sustentados pelas mãos do nosso Senhor”, disse ele.

O apóstolo acrescentou que existem três pontos que temos que observar no sacrifício de Cristo, pontos também ressaltados pela bispa Sonia nos cultos anteriores. “O primeiro é a sexta-feira. Jesus foi preso e humilhado e, após Pilatos lavar as mãos, Jesus pegou sua cruz de dores, caminhou aproximadamente 10km e foi morto... Muitas vezes passamos pela dor, enfrentamos uma sexta-feira e vivemos morte e abandono. Mas os que te amam ficam com você ao pé da cruz. A sexta-feira é a expressão da derrota. No dia da tua dor, você ficou solitário... Mas o que era aparentemente uma desgraça, se mostrou um plano poderoso de Deus.”   

A história vai continuar porque virá o sábado, continuou o apóstolo. “O sábado é o dia em que a realidade bate a nossa porta, quando você constata que humanamente que não tem jeito... É o momento em que parece que tudo está definitivamente acabado. O diabo faz com que você enxergue situações encerradas! Mas este é o momento de perseverar, Deus está trabalhando...”, disse o apóstolo.

Muita gente entrega os pontos no sábado, mas as 24h passam, afimou. “Nós não somos aqueles que voltam para trás, pela perseverança alcançamos as promessas. Os discípulos passaram o sábado inteiro orando no século porque sabiam que Deus faria algo maior! Ainda que haja festa no inferno por um dia, Jesus triunfou sobre a morte! O domingo chegou e houve ressurreição!”.  

veja também