Pastor afirma que angolanos devem orgulhar-se pelo alcançe da paz

Pastor afirma que angolanos devem orgulhar-se pelo alcançe da paz

Atualizado: Sexta-feira, 11 Março de 2011 as 9

O pastor da União das Igrejas Evangélicas de Angola na província do Cunene (UIEA), Samuel Matoco Bioco, referiu hoje, em Ondjiva, que todos os angolanos devem orgulhar-se pela paz, bem como a trabalhar para a sua preservação, por que esta trouxe consignou muitas oportunidade e progresso para o país.

Em declarações à Angop, a propósito dos benefícios dos oito de paz, disse que esta é a melhor coisa que qualquer cidadão pode almejar e viver, pós permite a liberdade, alegria, reconciliação nacional e desenvolvimento sustentável.

Samuel Bioco referiu igualmente que já não é momento de discórdia e que nenhum filho desta Angola quer reviver o período do conflito armado.

Frisou que os efeitos da paz já são visível nestes poucos anos, por ter permitido o surgimento de mais serviços de saúde, educação, energia e água, bem como a construção de novas infra-estruturas indústrias, pontes, estradas, entre outros aspectos.

De igual modo, o líder da UIEA no Cunene felicitou os protagonistas da marcha da paz realizada no 5 de Março, uma vez que em seu entender mostrou que nenhum angolano deseja a guerra, mas estão comprometidos com o desenvolvimento socio-económico para o bem-estar dos cidadãos.

O pastor exortou também as famílias a resgatarem os valores morais perdidos durante o conflito armado que o país viveu, bem como a pautarem-se pelo respeito mútuo, que contribui para uma nova sociedade.

Sublinhou que esta igreja está apostada em promover o espírito de concórdia e união, incutindo nos fies que esta paz foi dada por Deus e deve ser encarada como uma dadiva ao povo angolano.

Lembrar que neste 5 de Março o país mobilizou-se em prol da paz, exaltando os benefícios e o seu valor na vida das população

veja também