Pastor americano é destaque da revista desta semana

Rob Bell afirma ser a favor do casamento gay

Atualizado: Segunda-feira, 26 Novembro de 2012 as 9

 

Rob Bell causou grande furor ao lançar no ano passo o Best seller “O amor vence”. No livro, o fundador da Mars Hill Bible Church questiona os conceitos de céu e inferno, o que causou grande discussão entre os evangélicos mais conservadores.

Após deixar a igreja e mudar-se para a Califórnia, Bell atualmente faz turnês onde reuni multidões de jovens atentos a sua ministração. Nesta semana o polêmico pastor foi destaque das páginas amarelas das revista Veja.

A densa entrevista, que ocupa quatro páginas da publicação, o autor voltar a defender o céu e inferno como dimensões da nossa existência aqui e agora. Segundo ele o céu e inferno são realidades que se estendem para a dimensão para qual vamos morrer. “ Acho que o problema de muitas igrejas é que elas falam com extrema autoridade sobre aquilo que todos nós desconhecemos” diz ele a Veja.

Universalista, Rob afirma que um número crescente de cristãos tem despertado para a doutrina. “Para mim é incompreensível um cristão que não considera a salvação universal como a melhor saída, a melhor história ... acreditar nisso é um deve de qualquer pessoa boa, decente e com um coração no peito” afirma.

Sobre a hostilidade dos evangélicos conservadores, Bell afirma na matéria que ainda sofre com a fúria “desses grupos”. “Na maioria dos lugares que falo há sempre um protesto armado na frente”.

Quando questionado sobre os manifestantes serem uma corrente do cristianismo que perdem fiéis, o pastor foi enfático ao responder. “ Mais do que nunca acredito que está havendo uma mudança radical no cristianismo ... o movimento de Jesus se perdeu em algumas categorias chaves”.

Bell acredita também que a mensagem não está chegando ao coração dos fiéis. Para ele o número de líderes religiosos que estão percebendo a dificuldade das pessoas em se identificar com as pessoas é impressionante. “A instituição igreja inventou um modo destrutivo de ver os fiéis...por isso, vejo que estamos passando por uma mudança profunda. Sem exagero, eu diria que é revolucionário” afirma.

Na entrevista Rob afirma também ser a favor do casamento homossexual e aceita a teoria de Darwin como perfeita. Para ele Deus ama Gandhi mais do que qualquer um pode imaginar e Hitler “ganhou” de Deus o que Ele queria.

 

 

 

veja também