Pastor candidato ao Congresso pede libertação de Fujimori

Pastor candidato ao Congresso pede libertação de Fujimori

Atualizado: Quinta-feira, 31 Março de 2011 as 5:10

Um dos defensores da soltura de Alberto Fujimori é o candidato em Lima do fujimorismo ao Congresso Nacional, o controvertido pastor da Aliança Cristã e Missionária, Julio Rosas Huaranga. Em entrevista que concedeu ao diário El Comercio, sustentou que o ex-ditador deveria sair da prisão.

“Na minha opinião ele (Fujimori) deve sair da prisão. Sobre a figura legal têm que opinar os especialistas. Mas o verdadeiro é que ele deve sair”, sustentou Rosas. Ele lamenta que o ex-presidente esteja na cadeia, quando fez tantas coisas pelo país.

Ao ser perguntado sobre os casos de violações dos direitos humanos, como La Cantuta e Barrios Altos, Rosas Huaranga disse que há um custo a ser pago pela população e que este não é o melhor, mas inevitável, uma vez que, colocado tudo numa balança, o país pacificou-se sobre Fujimori.

O pastor posicionou-se contra o casamento de pessoas do mesmo sexo e disse que aceitava a posição de sua candidata à presidência da República, Keiko Fujimori, que declarou-se a favor dessa condição.

Rosas foi presidente do Conselho Nacional Evangélico do Peru (CONEP) na década de 1990 . O Conselho condenou o golpe de 1992 e em 1996 criticou a proposta de uma de uma segunda reeleição de Fujimori. No entanto, o pastor da Aliança nunca foi uma voz discordante daquelas situações  

veja também