Pastor "desprezado" por mulher tenta saltar de prédio em Campo Grande

Pastor "desprezado" por mulher tenta saltar de prédio em Campo Grande

Atualizado: Sexta-feira, 21 Janeiro de 2011 as 8:33

Paulo Maurício, 50, que se diz pastor evangélico, atraiu a atenção de dezenas de pedestres que circulavam perto da esquina da avenida Afonso Pena com a rua 14 de julho, centro de Campo Grande, no final da tarde desta quinta-feira. Ele tentou saltar da sacada de um prédio, mas foi contido pelo Corpo de Bombeiros. Maurício disse que queria se matar porque a mulher com quem vivia há oito anos o largara recentemente e mudara-se para o interior de São Paulo.

Enquanto ameaçava pular de uma altura de seis metros, o pastor jogava no chão uma folha de papel com um texto dizendo que seus enteados, filhos da ex-mulher, estariam como um plano de matá-lo para “tomar sua casa”.

Essa versão é contestada por um dos filhos da ex de Maurício. O enteado do suposto pastor disse que Maurício enfrenta sérios problemas com o alcoolismo, daí a mãe dele teria ido embora para São Paulo.

Após quase uma hora de negociação, o pastor foi dominado por militares do Corpo de Bombeiros e levado para uma unidade de saúde.

Anteontem, também em Campo Grande, uma mulher tentou saltar de um torre na avenida Guaicuru, perto da Cohab. Ela apresentava sinais perturbações psiquiatrias e fora levada para o hospital.  

veja também