Pastor ensina três verdades para vencer a tentação: “O pecado não tem poder sobre você”

Para Tim Challies é possível resistir ao pecado vivendo nossa nova identidade em Cristo.

Fonte: Guiame, com informações de Voltemos ao EvangelhoAtualizado: terça-feira, 25 de janeiro de 2022 18:01
Tim Challies lembrou que o pecado promete muito, mas oferece pouco. (Foto: Facebook/Power to Change Students).
Tim Challies lembrou que o pecado promete muito, mas oferece pouco. (Foto: Facebook/Power to Change Students).

O pastor Tim Challies, líder da Grace Fellowship, no Canadá, ensinou três verdades bíblicas para o cristão vencer a tentação, em artigo recente, no blog Voltemos ao Evangelho. 

Como marido, pai e pastor, Tim tem muita experiência em falar sobre a luta contra o pecado e as tentações. Segundo Challies, existem três verdades simples que devem ser ditas à tentação. 

A primeira verdade a ser falada quando o pecado tenta o cristão é: “Esse não é quem eu sou”. Tim lembrou que a tentação e o pecado não fazem mais parte da nossa identidade, depois que colocamos nossa fé em Jesus e passamos a viver uma nova identidade nele.

“Você não é mais quem você era. Você é uma nova criatura, refeita a imagem de Cristo. Você foi justificado, adotado e santificado. Em sua salvação, você foi transformado de forma que a sua identidade eterna, não é mais de Satanás, mas de Cristo”, explicou o pastor.

A nova identidade que ganhamos ao nascer de novo em Cristo é santa e não pecaminosa. “Seja quem você é!”, incentivou Tim.

A segunda verdade a se dizer quando a tentação chegar é: “Você não tem poder sobre mim!”. Challies ensinou que quando estávamos longe de Deus, éramos escravos do pecado e vivíamos sob o domínio de Satanás. 

Porém, ao colocarmos nossa fé em Cristo, fomos libertos do poder do pecado, afirmou o líder, citando Romanos 6.20. “Não apenas isso, o Espírito Santo fez de você sua habitação, e ele dá poder para não pecar. Nunca se esqueça que o seu pecado não tem poder sobre você”, destacou.

Segundo Tim, o único poder que o pecado tem sob o cristão é quando ele não utiliza o poder “esmagador de pecados” do Espírito Santo. 

O pecado promete muito, mas oferece pouco

A terceira verdade para confrontar a tentação é: “Você promete demais e entrega de menos!”. Com base na trágica história de Adão e Eva no Jardim do Éden, Challies observou que o pecado promete muito, mas oferece pouco.

“Apenas pense no que o pecado prometeu para Adão e Eva e o que ele realmente entregou a eles. Pense no que o pecado prometeu a Abraão, Sansão, Davi, Judas, Pedro, Ananias e Safira e compare com o que ele custou para essas pessoas”, disse.

O pastor ainda enfatizou o que o pecado da humanidade custou a Jesus, embora o pecado fosse dele por imputação, não por comissão. Olhando para toda a Bíblia, é possível ver um abismo entre o que o pecado oferece e o que realmente entrega. 

“O pecado promete alegria, mas traz dor. Promete felicidade, mas traz vergonha. Promete vida, mas traz morte. Promete liberdade, mas traz culpa. Promete o céu, mas traz o inferno. É sempre, sempre uma mentira”, afirmou Tim.

O líder esclareceu que com uma natureza pecaminosa, vivendo num mundo de pecado, sentir a tentação de pecar é inevitável. “Mas de fato pecar não é, de forma alguma, inevitável quando somos feitos santos, por meio de Jesus Cristo. Aprenda a falar a verdade, a verdade dele, a todas as tentações”, ensinou Tim Challies.



Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições