Pastor evangélico acusado de abuso sexual presta contas a fiéis

Pastor evangélico acusado de abuso sexual presta contas a fiéis

Atualizado: Segunda-feira, 27 Setembro de 2010 as 7:56

Processado por abuso sexual, o pastor evangélico Eddie Long fará um sermão onde se espera que ele comente sobre as recentes acusações.

O pastor evangélico Eddie Long pronunciará hoje um dos sermões mais esperados de sua carreira, no qual se espera que reaja ao processo por abuso sexual que apresentaram contra ele esta semana quatro homens jovens. Long, casado e com quatro filhos, dirige há 21 anos a congregação New Birth Missionary Baptist Church, em Atlanta (Geórgia), onde falará para seus fiéis.

Os litigantes, membros da congregação de Long desde sua adolescência, tornaram públicas histórias sobre como o pastor lhes incitou a manter sexo com ele em hotéis de todo o mundo, lhes comprou carros luxuosos e joias e os proibiu de que tivessem namoradas.

Duas das relações, as de Anthony Flagg, de 21 anos, e Maurice Robinson, de 20, começaram em uma academia para jovens criada pelo pastor, na qual os adolescentes se inscrevem após pagar US$ 500 e recebem um cartão que lhes lembra as razões pelas quais não devem fazer sexo.

O pastor, famoso por seus discursos contra o casamento homossexual, utilizava a academia para seduzir os rapazes, segundo a advogada dos litigantes, B. J. Bernstein.

Long disse na sexta-feira em comunicado divulgado no site da congregação estar "ansioso" para responder às que qualificou de "falsas acusações".

veja também