Pastor, ex-goleiro de futebol é campeão de Jiu-Jitsu

Pastor, ex-goleiro de futebol é campeão de Jiu-Jitsu

Atualizado: Terça-feira, 19 Maio de 2009 as 12

Ex-goleiro do Fluminense e do São Paulo, Vitor Rocha abandonou os gramados e se tornou pastor e presidente do Ministério Palavra Viva, igreja localizada na cidade de Vassouras, no Rio de Janeiro. Porém, Vitor não deixou o esporte de lado. Apaixonado por Jiu-Jitsu, o pastor havia deixado a arte suave de lado em 2004, mas, em abril, decidiu voltar ao quimono, e o fez em grande estilo. Depois de voltar aos treinos em fevereiro, Vitor faturou a primeira etapa do Ranking Grande Mestre Hélio Gracie e, no último final de semana, veio a consagração.

No Brasileiro de Jiu-Jitsu da CBJJ, que começou no último final de semana, o pastor casca-grossa competiu na categoria sênior e deixou o Ginásio do Tijuca Tênis Clube com duas medalhas no peito. Campeão da categoria pela manhã, Vitor voltou aos tatames em busca do ouro absoluto, e não teve moleza pelo caminho. Aos 41 anos, o faixa-azul bateu de frente com Adler Dutra Cristal (Equipe Claudionor) na quarta-de-final, mas, com um minuto, encaixou um estrangulamento de gola e garantiu a vaga na semi. Para chegar à grande final, o faixa-azul precisou passar por Wilson Rockenbach (Gracie Barra Mato Grosso) e, com pouco mais de dois minutos, encaixou uma chave de braço e forçou os três tapinhas.

Na luta pelo ouro, seu adversário, Bernard Biolchini Pereira, depois de ver Vitor finalizar todos os oponentes anteriores, entrou com o jogo fechado, mas não conseguiu evitar a derrota. "Vejo, através do Jiu-Jitsu, que não só posso anunciar a palavra de Deus àqueles que nunca foram a uma igreja como, junto com a minha equipe, posso resgatar esses jovens que, no futuro, terão algo do que se orgulhar", finalizou o pastor casca-grossa, campeão brasileiro peso e absoluto de Jiu-Jitsu.

veja também