Pastor foragido é preso no Recife 40PE41

Pastor foragido é preso no Recife 40PE41

Atualizado: Quinta-feira, 4 Fevereiro de 2010 as 12

Um pastor evangélico foi preso na manhã da última quarta-feira, no Centro do Recife (PE), em cumprimento de um mandado de recaptura. Cláudio Torres Bandeira, 57, que se auto intitulava Pregador do Cárcere , estava foragido do Complexo Penal Doutor João Chaves, do Rio Grande do Norte, desde agosto de 1998. Ele foi preso por ter cometido dois assaltos e tráfico de entorpecente. Cláudio foi ainda julgado por uma tentativa de homicídio, que foi arquivada na Justiça. O homem, que tinha que cumprir sete anos de reclusão, ficou apenas dois anos e dez meses no presídio. Depois disso, aproveitando-se do regime semiaberto, Cláudio fugiu para o Recife, onde passou a pregar em igrejas e rádios evangélicas.

''A prisão pesa na cabeça da gente. Não tenho nada escondido. Todos sabem dos crimes que cometi. Comecei a pregar na prisão e agora vou voltar a pregar lá. Farei isso por toda a minha vida'', comentou Cláudio Torres. Ele foi preso em uma rádio FM que pertence a sua família, a Rádio Sucesso, onde ele mantinha um programa evangélico. O local também é usado como escritório da Fundação CCC Bandeira. Uma fundação que, segundo a polícia, recolhia dinheiro de evangélicos. ''Recebemos denúncias de familiares de pessoas que estavam contribuindo com essa fundação. Desconfiados porque essas pessoas, em geral, de idade avançada, contribuíam com muito dinheiro. Queriam saber se ele era uma boa pessoa'', comentou a titular da Delegacia de Capturas, Beatriz Guibson.

Depois de uma consulta aos arquivos da Justiça, agentes da especializada descobriram o histórico de crimes de Cláudio Bandeira e tiveram a informação de que ele havia fugido do presídio potiguar. Em seguida, descobriram que Cláudio estava pregando na Igreja Evangélica Missionária Canaã, localizada no bairro do Ipsep. Os policiais foram ao local na última quinta-feira, para tentar prendê-lo, mas Cláudio não apareceu. Em seguida, descobriram o endereço da rádio, localizada na avenida Joaquim Nabuco, e efetuaram a prisão.

''Ele era muito bem relacionado com diversas igrejas e rádios evangélicas. Era convidado para pregar em vários lugares. Dizia que era ex-presidiário, que tinha cometido crimes, mas que havia se arrependido e se tornado evangélico. Mas, na verdade, ele era foragido'', comentou o comissário da capturas, Tadeu Santana. Cláudio Torres foi encaminhado para a Penitenciária Agro-industrial São João (PAISJ), onde deverá ser mantido em regime semiaberto, mesmo regime que ele cumpria quando fugiu.

Por Alexandre Ferreira

veja também