Pastor gay diz que campanha a favor da união homossexual foi atacada por setor protestante

Pastor gay diz que campanha a favor da união homossexual foi atacada por setor protestante

Atualizado: Sexta-feira, 27 Agosto de 2010 as 8:16

Após espalhar pela cidade 43 outdoors anunciando um casamento gay no Scala, no Leblon, o casal Fábio Inácio e Marcos Gladstone, pastores da Igreja Cristã Contemporânea, se assustou com o fato de alguns painéis terem sido alvo de vândalos. Em Cascadura, por exemplo, ovos foram jogados sobre um outdoor. Em Santíssimo, fotos dos pastores e a frase "Casamento gay sim! Porque contra o amor não há lei (Gálatas 5, 22-23)" foram tapadas com folhas em branco.

O caso foi levado por Fábio e Marcos,quarta-feira, à Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos da Secretaria estadual de Assistência Social e Direitos Humanos. No dia 7 de setembro, os dois vão celebrar na casa de shows do Leblon a união de Anne Flores, de 31 anos, e Kédma Costa, de 33, e festejar o aniversário de quatro anos da igreja.

Outdoor sobre casamento gay é atacado no Rio/Foto:Divulgação No documento protocolado pelos pastores no órgão estadual, eles pedem a apuração de "práticas de vandalismo, preconceito, discriminação e homofobia".

- Percebemos que poderíamos ter algum problema porque já sofremos ataques pelo site da igreja por causa do casamento. Mas esses ataques agora são muito incisivos - disse Marcos. - É uma questão dos setores mais conservadores, principalmente do setor protestante. Mas entendemos que devemos divulgar a nossa causa.

Anne e Kédma dizem não se abalar com os ataques. As duas são de Mato Grosso do Sul e se conheceram na Assembleia de Deus. No Rio, passaram a frequentar a Igreja Cristã Contemporânea quando resolveram assumir a homossexualidade.

- Já temos o nosso coração treinado para isso. As grandes agressões nós já sofremos no passado, quando fomos rejeitadas dentro da igreja e por amigos e irmãos - diz Anne, que, assim como Kédma, trabalha na área de telecomunicações.

Desde que foi criada, a Igreja Cristã Contemporânea celebrou mais de 30 casamentos gay. Antes de trocar alianças, os casais precisam firmar um contrato de união homoafetiva, com registro em cartório. Outras exigências são estar juntos há pelo menos um ano e serem maiores.

veja também