Pastor Juninho Lutero diz que sistema Android é uma consagração demoníaca

Pastor diz que sistema Android é demoníaco

Atualizado: Quarta-feira, 20 Fevereiro de 2013 as 8:36

 

android
 
Os aparelhos smartphone Android viraram assunto de polêmica da internet, tudo porque uma imagem 'escondida' foi encontrada por um pastor e rapper brasileiro.
 
Juninho Lutero acusa o sistema operacional do Google de ser uma "consagração demoníaca" e "estratégia maligna do diabo de escravizar o tempo e a mente das pessoas e privar as pessoas de terem comunhão com a família, amigos e, principalmente, com Deus."
 
Toda a 'denúncia' é feita por meio de um vídeo gravado por Lutero, intitulado 'Aparelhos Android consagrados ao demônio?'
 
Com um Samsung Galaxy S, o pastor vai até as configurações e toca diversas vezes na opção "Versão de firmware" até aparecer a imagem que justifica sua opinião. Além de caracterizar o mascote do Android 2.3 (Gingerbread) como um demônio, Juninho Lutero chama os zumbis de escravos ao telefone, hipnotizadas pela praticidade e pela quantidade de recursos.
 
No vídeo, um missionário faz uma oração para que tomo mal desses aparelhos seja repreendido.
 
 

veja também