Pastor se disfarça de morador de rua para ver como as igrejas reagem

James MacDonald ficou na frente de sua igreja disfarçado de morador de rua para saber qual seria a reação dos fiéIs ao ver uma pessoa precisando de ajuda.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Quarta-feira, 17 Outubro de 2018 as 2:39

Uma cena mostra o pastor disfarçado sentado do lado de fora de outro campus da Harvest Bible Chapel. (Foto: Reprodução).
Uma cena mostra o pastor disfarçado sentado do lado de fora de outro campus da Harvest Bible Chapel. (Foto: Reprodução).

O pastor da megaigreja de Illinois (EUA), James MacDonald, disfarçou-se de um morador de rua e acampou fora dos dois campi da Harvest Bible Chapel, antes dos cultos de domingo. Ele queria ver como os membros reagiriam.

MacDonald, o fundador da congregação, cujos programas de rádio e televisão "Walk in the Word" são vistos por milhões de pessoas em todo o mundo, publicou o vídeo do experimento em sua página no Facebook na última segunda-feira (15).

Como Cristo chama seus seguidores para ajudar o menor na sociedade, MacDonald queria colocar em teste as congregações Harvest Bible Chapel para ver quão bem eles estão vivendo os mandamentos bíblicos. Não apenas amar a Deus, mas também "amar o próximo como a ti mesmo".

O vídeo começa mostrando com MacDonald vestido com uma barba falsa e longos cabelos grisalhos enquanto empurra um carrinho de compras pela rua em direção a um dos campi. Ele, em seguida, se senta em frente ao prédio.

Os frequentadores da igreja no vídeo não puderam deixar de notar o homem sem-teto, cabeludo, sentado com as pernas cruzadas logo na entrada, enquanto caminhavam por ele para entrar na igreja. As cenas iniciais do vídeo mostram os fiéis passando por MacDonald sem oferecer muita ajuda.

Disfarçado

Outra cena mostra o desabrigado sentado do lado de fora de outro campus da Harvest Bible Chapel enquanto os frequentadores da igreja caminham por ele para chegar aos cultos de domingo.

"Quanto mais perto uma pessoa estiver de nós e menos comum for a luta, mais fácil será amar", diz MacDonald no vídeo. "Deus não permite que eu descubra que minha esposa tem três meses de vida, eu deixaria meu emprego e largaria tudo, certo? E se for apenas um conhecido seu, se o problema for recorrente? Como é comum a falta de moradia? Frequentemente, uma pessoa sem-teto é alguém querido por nós? Nunca", alertou.

O vídeo mostra então o barbudo desabrigado MacDonald caminhando pela igreja com seu carrinho de compras. Ele então sobe no palco e começa a tirar a barba e as roupas para revelar sua verdadeira identidade.

"Eu acampei fora de alguns de nossos campi e queria ver como os membros estavam agindo", disse MacDonald à congregação. "Você sabe que seu pai no Céu está dando a mesma graça para a pessoa que acaba desprezando? Ele está dando isto. Ele não tem favoritos. Ele está dando a graça a todos”, colocou.

“Se nós vamos amar como o nosso Pai no céu ama, nós não temos favoritos. Por favoritos eu quero dizer, muitas vezes nós amamos as pessoas quando há algum benefício para nós". MacDonald usou o experimento de vídeo para demonstrar em seu sermão, no domingo, que "é mais difícil amar quando o problema é mais comum e as pessoas menos conhecidas".

Confira o vídeo (em inglês):

veja também