Pastor suíço ganha processo sobre ex-campeão de tênis

Pastor suíço ganha processo sobre ex-campeão de tênis

Atualizado: Quinta-feira, 4 Novembro de 2010 as 5:13

A justiça suíça, chamada a resolver um diferendo entre Boris Becker e o pastor que o casou em Junho de 2009, decidiu que o antigo campeão do mundo de ténis a pagar 1.988 francos suíços (1.450 euros).

Colocando um ponto final num processo complicado, o Tribunal cantonal administrativo de Grisons (no Leste da Suíça) ordenou ao jogador de liquidar o valor exigido na nota de honorários datada de 12 de Julho de 2010 e de pagar também 2.257 francos suíços (1.660 euros) com custos judiciais.

O litígio remonta a 2009 depois de um desentendimento entre Boris Becker e o pastor sobre o valor que este religioso reclamada pelos seus ofícios.

O tribunal explicou que o pastor reclamava, num primeiro momento, 9.600 francos suíços (7.057 euros), mas a antiga glória do ténis alemão recusou pagar essa verba alegando que o religioso tinha estimado que as cerimónias iriam custar entre 1.750 a 2.100 euros (1.286 e 1.544 euros).

veja também