Pastores adventistas são ordenados em Santo André

Pastores adventistas são ordenados em Santo André

Atualizado: Segunda-feira, 23 Maio de 2011 as 1:42

No último fim de semana, no sábado dia 14 de maio, aconteceu a cerimônia de ordenação ao ministerial pastoral da Associação Paulistana.  Foram ordenados os pastores João Gomes da Costa Junior, do distrito Jardim Ipê, Marcelo Augusto Rosa, do distrito de Americanópolis e Vicente José Pessoa, do distrito de Jardim Rosemary.  Margarete Gossler da Costa, Izabel Christina Ravazzani Rosa e Elizangela Conceição Pessoa são as respectivas esposas dos novos ministros.

A ordenação aconteceu na Igreja Adventista Central de Santo André e reuniu pastores, familiares e amigos dos ordenados, além de membros das igrejas as quais eles dirigem. Para o pastor Sidionil Biazzi – presidente da Paulistana – a cerimônia de ordenação é uma forma de reviver o ministério de Cristo nos dias de hoje. “Os pastores tiveram um longo período de estudos e trabalho, demonstrando que estão aptos a representar Jesus Cristo nas comunidades em que estão, disse o líder.

Da direita para esquerda o Pr.Marcelo, o Pr. João gomes (embaixo) e o Pr. VicenteDe acordo com o pastor José Silvio Ferreira – ministerial da AP – a ordenação é um evento esperado desde a formatura. “Eu tenho o privilégio de acompanhá-los desde a chegada na associação. Eles trabalham e se envolvem muito. Em minha opinião, a cerimônia é o ponto alto da vida ministerial, disse o pastor.

Para o agora pastor ordenado – João Gomes da Costa Junior – a ordenação foi a confirmação de muita luta e trabalho. “É uma honra fazer parte do quadro de pastores da igreja adventista. Somos substitutos dos apóstolos. É muita emoção e estou muito feliz, desabafa.

Pastor Valiante fala ao novos pastores ordenadosSegundo a esposa do pastor Vicente, Elisângela Conceição Pessoa, a responsabilidade de auxiliar o seu marido é muito preciosa. “Estou emocionada, pois foram muitas lutas e vitórias. Tenho certeza que Deus está ao nosso lado, enfatizou.

Edilson Valiante – Ministerial da Igreja Adventista para todo o estado de São Paulo – afirmou que muitas pessoas acham que a ordenação é uma autorização para o pastor batizar e fazer casamento. “A ordenação é um símbolo do reconhecimento da Igreja do chamado feito. O pastor agora representa um grupo seleto de pessoas que tem a responsabilidade de liderar espiritualmente um grupo. É uma entrega total. Fico feliz por ver rapazes dedicando sua vida e sua família para trabalharem para Deus.  

veja também