Pastores transformados

Pastores transformados

Atualizado: Sexta-feira, 13 Dezembro de 2013 as 10:34

pastoresHavia pastores que estavam nos campos próximos [...] E aconteceu que um anjo do Senhor apareceu-lhes… [e] lhes disse: “Não tenham medo. Estou lhes trazendo boas novas de grande alegria [...] Hoje [...] lhes nasceu o Salvador, que é Cristo, o Senhor. [Lucas 2.8-11]
 
Pastores não gozavam de boa reputação em Israel e eram vistos como pessoas desonestas e pouco confiáveis. No entanto, foi a eles que Deus escolheu para anunciar as boas novas mais extraordinárias que o mundo já ouviu, a saber, que o Messias há muito esperado havia nascido. Como eles reagiram a essa notícia?
 
Primeiro, foram até Belém conferir pessoalmente. Sua reação não foi nem de credulidade nem de incredulidade. Eles foram investigar os fatos de forma imparcial e sem preconceitos. Assim eles “correram para lá” (v. 16) e encontraram aquilo que estavam procurando. Verdadeiramente, quem “busca encontra” (Mt 7.8).
 
Depois de terem visto Jesus, eles “contaram a todos” o que tinham visto e ouvido (v. 17). Não puderam guardar as boas novas para si. Eles queriam que todos soubessem.
 
Por fim, “os pastores voltaram glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham visto e ouvido” (v. 20). Em outras palavras, sua experiência resultou em adoração e testemunho. Mas antes o texto diz que eles “voltaram”. Não passaram o resto de suas vidas no estábulo ou matando o tempo ao redor da manjedoura. Ao contrário, eles retornaram ao campo e para as suas ovelhas, voltaram para suas casas, para suas esposas e filhos. Seus trabalhos e suas casas continuavam os mesmos, mas eles já não eram mais os mesmos. Eles agora eram novas pessoas, embora a situação fosse a mesma. Eles mudaram porque viram a Jesus. Em seus corações havia agora um espírito de admiração e de adoração.
 
O encontro com Jesus Cristo é sempre uma experiência transformadora, pois acrescenta uma nova dimensão ao nosso velho estilo de vida. Como Billy Graham costuma dizer, esse encontro “ilumina os nossos olhos e revigora os nossos passos”.
 
Para saber mais: Lucas 2.8-20
 
 
- John Stott
>> Retirado de A Bíblia Toda, o Ano Todo
 

veja também