Paz, mesmo em meio ao perigo

Paz, mesmo em meio ao perigo

Atualizado: Quinta-feira, 5 Dezembro de 2013 as 11:47

paz - tranquilidadeHá pouco recebi a foto de um alpinista dormindo tranquilamente pendurado por cabos no alto de uma montanha. Confesso que fiquei impressionado com a tranquilidade do rapaz. A fotografia nos mostra que mesmo diante do perigo eminente, o moço dormia o sono dos justos na mais absoluta paz.
 
Caro leitor, por muito menos nós perdemos o sono não é verdade? Quantas não as vezes que somos vencidos tanto pelo medo como pela ansiedade, não é mesmo?
 
Pois é,  o "sono" do alpinista nos ensina algumas coisas, das quais pontua pelo menos duas:
 
1-) Mesmo diante do perigo precisamos aprender a confiar em Deus.
 
2-) Mesmo diante da  possibilidade da morte, somos desafiados a descansar no Senhor.
 
Isto posto, lembre-se que Cristo é aquele que cuida de cada uma das nossas necessidades, sustentando-nos e tomando-nos em seus braços de amor e misericórdia. 
 
Que o Senhor lhe conceda um dia de paz! 
 
"como se avoluma o número dos meus opressores, numerosos os que se rebelam contra mim! São muitos os que dizem a meu respeito: Deus jamais o socorrerá! Mas tu, SENHOR, és o escudo que me protege, minha glória e o que me ergue a cabeça. Em alta voz eu clamo ao SENHOR, e do seu monte sagrado ele me responde. Eu me deito e logo adormeço. Desperto de novo, pois é o SENHOR que me sustém. Não temo os milhares de inimigos que me cercam por todos os lados. Ergue-te a meu favor, SENHOR! Salva-me, Deus meu! Quebra o queixo de todos os meus inimigos, e arrebenta os dentes dos ímpios. Do SENHOR vem a salvação! E sobre aqueles que são teus, a tua bênção"(Salmos 3)
 
 
- Renato Vargens
 

veja também