Perseguição religiosa diminui na Índia e ganha nova dimensão

Perseguição religiosa diminui na Índia e ganha nova dimensão

Atualizado: Quinta-feira, 26 Maio de 2011 as 8:14

A política de nacionalismo hindu, que alimentou a perseguição aos cristãos por mais de uma década na Índia, parece estar perdendo espaço no país. Com isso vem a esperança de que não aconteçam mais incidentes desse gênero na Índia, como o grande número de ataques ocorridos em Orissa, em 2008, em que morreram cerca de 100 cristãos.

Existe uma esperança de que isso se torne realidade, mas a ausência de violência contra as minorias cristãs não garante sua segurança.

A questão de perseguição aos cristãos está sendo vista pela mídia como algo do passado. Mas essa noção de paz na comunidade, entendida como ausência de violência contra as comunidades, pode ser considerada enganosa.

A frequência dos ataques aos cristãos, que se mantém alta como nos últimos 13 anos, é um fator importante a ser analisado nesse caso.

Estatísticas feitas por grupos cristãos na Índia indicam claramente que não há trégua na perseguição contra as minorias cristãs desde o início de 1998, ano em que a política de direita hindu assumiu o poder.

De 2001 a 2004, foram registrados cerca de 200 ataques contra cristãos a cada ano, e nos anos seguinte houve crescimento desses números. O número real de casos é provavelmente muito maior do que se relata, pois nem todos os casos são formalmente registrados ou veem à tona para todos verem.

Tradução: Lucas Gregório

veja também