Perto da cruz e em pé o tempo todo

Perto da cruz e em pé o tempo todo

Atualizado: Quinta-feira, 26 Setembro de 2013 as 10:52

cruzJunto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cléopas, e Maria Madalena. [João 19.25, EPC]
 
Além do pessoal a serviço do governador romano e dos chefes dos sacerdotes, “todos os amigos de Jesus e as mulheres que o tinham seguido desde a Galileia” estavam no local da crucificação (Lc 23.49, NTLH). Enquanto alguns “ficavam de longe”, outros estavam “perto da cruz de Jesus” (Jo 19.25, NTLH) ou “junto à cruz” (AS21).
 
Entre os que se aproximaram mais do Senhor, o Evangelho Segundo João menciona três Marias — Maria, a mãe de Jesus, Maria, a esposa de Cléopas, e Maria Madalena. Havia mais uma mulher: a irmã da mãe de Jesus e, portanto, tia de Jesus. É provável que seja Salomé, a mulher de Zebedeu, mãe de Tiago e João. Porque João estava perto da primeira Maria, chega-se à conclusão de que ele era o único homem no meio das mulheres junto à cruz.
 
João faz questão de mencionar que as quatro mulheres “permaneciam de pé” (BJ, TEB, CNBB, AS21, EPC). Teriam ficado em pé o tempo todo, das 9 às 15 horas? O que elas viram e ouviram no transcurso de seis horas, não se pode nem imaginar. A resistência emocional sobretudo de Maria deve ter sido excepcional.
 
— “Mais perto quero estar, meu Deus de ti, inda que seja a dor que me una a ti!”
 
 
- Elben César
>> Retirado de Refeições Diárias com Jesus
 

veja também