As pessoas estão tentando redefinir o que Deus já definiu, diz atriz de "Quarto de Guerra"

Priscilla Shirer destacou que a rejeição dos valores bíblicos pela sociedade terá efeito grave sobre as próximas gerações.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Segunda-feira, 19 Agosto de 2019 as 8:35

Priscilla Shirer é atriz, palestrante e diretora do Ministério 'Going Beyond'. (Foto: Lifeway)
Priscilla Shirer é atriz, palestrante e diretora do Ministério 'Going Beyond'. (Foto: Lifeway)

Priscilla Shirer, atriz e diretora do Ministério ‘Going Beyond’ (‘Indo Além’), está alertando os pais de que a crescente rejeição das verdades bíblicas por parte da sociedade terá um efeito estarrecedor sobre as gerações futuras.

Para ajudar as crianças a crescer em conhecimento sobre seu Criador e quem elas são, um dos conselhos de Shirer — que fez sucesso com o filme 'Quarto de Guerra' — é ensinar as crianças a encontrarem sua identidade em Cristo.

“As pessoas hoje estão lutando para se definir; estamos vendo pessoas redefinirem as coisas para as quais Deus já deu definições, e é por isso que a cultura continua a se afastar das verdades de Deus como uma peça central para a sociedade", disse Shirer ao The Christian Post. “Anteriormente, mesmo que as pessoas não fossem cristãs, elas respeitavam os princípios básicos do cristianismo. Esse não é mais o caso”.

"Agora vivemos em uma cultura pós-moderna", disse ela. “Você é ridicularizado por acreditar que a Bíblia tem uma moral relevante. E quanto mais marginalizamos a Deus, mais vemos a marginalização das definições que Ele criou. Quanto mais a sociedade rejeita Deus, mais vamos ver os efeitos disso. ”

A continuada rejeição de Deus por parte da sociedade tem provocado "efeitos colossais espantosos" nas crianças, disse a mãe de três filhos.

“As crianças pensam que são o que sentem e como se comportam; que suas inclinações e passado as definem ”, continuou Shirer. “Mas a Bíblia diz que, embora essas coisas realmente existam, elas não definem você. Você é quem Deus diz que é e você tem o direito de operar dessa maneira”.

“Mais que Vencedores”

Filha do famoso pastor Tony Evans, Shirer volta às telas dos cinemas, protagonizando agora o filme “Overcomer” (“Mais que Vencedores”), dos irmãos Kendrick, que será lançado em 23 de agosto nos EUA e 21 de novembro no Brasil. O filme conta a história do técnico de basquete John Harrison, cuja equipe está esgotada devido a uma crise econômica na comunidade.

Sabendo que um campeonato estadual não está mais ao alcance e ele não é mais um treinador vencedor, John fica deprimido e questiona sua própria identidade. Ele fica ainda mais desanimado quando pede para treinar a equipe de cross-country, que tem apenas uma corredora, Hannah Scott, uma garota quieta que também está procurando por sua identidade na vida.

Shirer interpreta Olivia Brooks, uma diretora do ensino médio que acredita que a compaixão, o perdão e a oração têm o poder de mudar a trajetória da vida de uma criança. Olivia orienta Hannah, construindo um relacionamento com ela e ajudando-a a descobrir seu potencial. Graças à orientação de Olivia, Hannah reconhece a importância de Deus no desenvolvimento de sua identidade.

Identificação

Shirer disse ao Christian Post que ela se identificou com a personagem de Olivia por causa de sua própria experiência como mãe e mentora, que valoriza incutir confiança e verdade na próxima geração.

"Foi incrível retratar esta mulher que foi polida, mas aproveita todas as oportunidades para remover esse verniz polido, sentar-se com as crianças e entrar em seus corações", disse ela. “Ela não está fazendo apenas o trabalho dela; ela quer impactar vidas. Como mãe de garotos adolescentes, eu oro por mim mesma para que os administradores e professores em torno de meus filhos se preocupem com eles, não apenas garantindo que eles obtenham um A [nota 10], mas encontrem oportunidades para ajudar a moldar seu caráter. ”

A atriz destacou o conceito do novo filme.

"'Overcomer' é sobre encontrar sua identidade em Cristo", disse Shirer. "Como fazemos isso? Nos voltamos à palavra de Deus e identificamos o que Ele diz sobre você e descobrimos verdades reais. Assim como levou muitos anos para programar sua mentalidade em uma direção, levará muito tempo para re-enquadrar seu pensamento em outra direção. ”

"Leia Efésios 1 e 2 e escreva tudo o que Deus diz que você é", disse ela. "Ensaie isso e poste em lugares onde você vai se deparar, seja o espelho do seu banheiro ou o painel do carro, para que você possa se lembrar de que não foi rejeitado; você é escolhido, amado, redimido e perdoado ”.

Encontrar sua identidade em Cristo terá impacto em todas as decisões que você tomar, afirmou Shirer, de escolher uma carreira ou cônjuge para postar nas redes sociais.

“Antes de tomar uma decisão, faça uma pausa e dê a si mesmo a graça de perguntar: isso vem de uma das mentiras da insegurança, do medo e da rejeição? Ou estou tomando essa decisão com base na verdade?”, ela aconselhou. "Quando fazemos uma pausa, isso nos dá um lugar em nosso coração para ver a raiz do motivo pelo qual estamos fazendo essa escolha e, se necessário, recalibrar e tomar a decisão certa."

"Pense em quantas relações escolhemos em um lugar de insegurança e em como faríamos escolhas se realmente acreditássemos na verdade sobre nós", ela continuou. “Nós escolhemos diferentes amizades, relacionamentos românticos, planos de carreira. Enfrentar essa questão de identidade e reconhecer seu significado pode mudar o curso de sua vida”.

veja também