Polêmica sobre 'Salve Jorge' domina as redes sociais

Polêmica sobre 'Salve Jorge' domina as redes sociais

Atualizado: Quarta-feira, 31 Outubro de 2012 as 9:46

 

salve jorgeAs redes sociais, principalmente o Facebook, mais uma vez são palco de uma batalha de opiniões.
 
Dessa vez a polêmica é a nova novela da Rede Globo, 'Salve Jorge'.
 
De um lado, os evangélicos criticam fervorosamente a temática da trama de Glória Perez - que faria homenagem ao orixá Ogum, correspondente a São Jorge na umbanda e no candomblé no sincretismo religioso. Do outro estão os devotos do santo homenageado, que rejeitam as observações contrárias ao folhetim.
 
José Donizete, pastor da Igreja Assembleia de Deus, em Jundiaí-SP, divulgou uma imagem em que mostra as mensagens subliminares da logomarca da trama, entre elas, pedras que simbolizam a união dos orixás.
 
“Tem mensagem subliminar ali. Veja bem, o que é salve? É viva. Quando você fala viva para alguém, você está saudando. Quando é para um Deus, isso se torna uma adoração”, diz o pastor. “Deveriam usar um título mais popular, como São Jorge ou Santo Jorge. Com ‘salve’, eles entram em um aspecto que as pessoas não vão entender”, argumenta.
 
salve jorge
 
O pastor garante que não proibe ninguém de assistir à novela. Nós, evangélicos, cremos em um único e verdadeiro Deus, que é o senhor Jesus Cristo. Quando se fala em adorar Ogum, em fazer algo para ele, isso vai contra a fé evangélica. É uma coisa que temos direito de alertar os fiéis”.
 
O 'Exército Universal', grupo formado por frequentadores da Igreja Universal do Reino de Deus, também protestaram.
 
"Ao ressoar no recinto as palavras ‘Salve Jorge’, muitos estarão saudando conscientemente o ‘espírito’”, alerta. “Como o Espírito de Deus não divide o espaço com ninguém, com a chegada de outro espírito, Ele certamente se ausentará”, escreveram.
 
Os devotos de São Jorge, por outro lado, responderam às críticas. “Aos evangélicos que criticam a novela ‘Salve Jorge’: quando tiver feriado do santo, por favor, trabalhem, porque ficar de folga em homenagem a santo é adoração também”. diz, ironicamente, a imagem.
 
Manoel Alves de Souza , presidente da Federação Brasileira de Umbanda, diz que esse movimento dos evangélicos é uma sandice.
 
“Nunca reparei nessas pedrinhas, vou procurar para ver se descubro. Isso é crendice, especulação”, diz. “A novela é uma homenagem merecida. Ogum é um orixá muito importante para a umbanda e o candomblé. É o orixá que vence demandas. É um guerreiro, forte, que combate o mal”.
 
Gloria Perez, autora da novela, diz que não é devota de São Jorge e que a intenção é falar do mito do guerreiro que ele representa.
 
 
com informações do IG
 

veja também