Polícia prende estelionatária que se passava por evangélica

Polícia prende estelionatária que se passava por evangélica

Atualizado: Sexta-feira, 13 Março de 2009 as 12

Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) prenderam em Piedade, Sorocaba (SP), a mulher que se passava por evangélica para furtar dinheiro de idosas em Sorocaba. Dois casos que aconteceram no início do ano já foram confirmados pelas vítimas que reconheceram a mulher.

A polícia acredita que ela tenha praticado outros furtos e, sabendo que era procurada, resolveu sair da cidade. Suenilda Terezinha de Mello tem 54 anos e já possui passagem pela polícia por furto, no ano de 1973.

As vítimas escolhidas por ela eram sempre senhoras, moradoras de bairros da periferia da cidade. A estelionatária apresentava-se como evangélica e, em um dos casos, no dia 29 de janeiro, na Vila Senger, convenceu uma idosa de 67 anos de que precisava de ajuda financeira, pois tinha uma filha hospitalizada. Chegou a entrar na casa da vítima, tomou café e fez orações. Em seguida foi embora levando R$ 50,00 e uma bolsa com documentos e cartões de banco.

Suenilda foi detida no dia 7 de março com base na investigação policial. A resolução do caso foi apresentada somente na última terça-feira, dia 10.

veja também